sexta-feira, 25 de setembro de 2009

A billion for a billion

Desculpem insistir, mas precisam da vossa ajuda.
Morrem 10 crianças por minuto por falta de alimentos.
Mais de mil milhões ("1 billion") de pessoas estão a sofrer com a fome.
Nunca este número foi tão elevado.
Os donativos para ajudar atingiram o mínimo dos últimos 20 anos.



Façam um donativo a WFP.
E por favor, divulguem esta campanha.
Usem as ferramentas desta "grande rede", blogues, e-mails, facebook, twitter, hi5, e outras redes.
Vamos ser muitos a ajudar muitos. Vamos fazer a diferença!

22 comentários:

  1. Nestas campanhas para salvar vidas, nunca é demais insistir e convém não passar ao esquecimento!... de forma nenhuma, só tenho pena, que muitos mais pobres estejam a ser gerados e não possam também ajudar...

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Cara amiga Fernanda

    Também tenho, assim como a Fada, os meus altos e baixos de ânimo, mas a Fernanda, com esse grande coração e coragem que tem, não se vai deixar ir abaixo. E não haver muitos comentários a um "post" não significa que não seja visitado, lido e reflectido.
    Não baixemos os braços, é preciso divulgar esta campanha por muitos blogues , por e-mail, como for possível.

    Um beijinho e muito obrigada por vir aqui, por ajudar e por ser como é.

    ResponderEliminar
  4. É dos Equinócios!! :))
    A muher é cíclica, mexe com as fases da lua, mexe com os equinócios, com os solstícios é de fugir, coitados dos homens... são constantes, não nos entendem e levam com tudo em cima!... como eu os entendo! coitados... :)

    Bom fim de semana. :)

    ResponderEliminar
  5. Quridas amigas,

    Já está no Sempre Jovens.
    Muito obrigada por tudo, tudo mesmo.

    Beijos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  6. Este é mais um post que se junta a muitos outros que mostram as boas intenções da equipa que aqui colabora, para melhorar a vida do ser humano esteja onde estiver.
    Haverá quem julgue que serão os governos a resolver este problema. Mas a realidade mostra que eles nem pensarão nisto, tão longe andam as suas preocupações à volta do seu poder pessoal.
    Por outro lado, os políticos só agem sob pressão e é preciso pressioná-los sem limite. É preciso que as pessoas, todas, façam um esforço para que todos os seres humanos tenham uma vida digna.

    Beijos
    João

    ResponderEliminar
  7. Ná, obrigada porquê? Inter ajuda, não tem de agradecer!

    Sr. João Soares, nunca estive tão de acordo!!!
    Na mouche e pelos vistos, até já concorda comigo, quanto aos poderosos... ainda bem.

    ResponderEliminar
  8. Caros Fernanda e A. João Soares

    Obrigada pelas palavras de alento, e também por terem divulgado no vosso blogue Sempre Jovens.
    Vamos lá a ver se as pessoas ajudam.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  9. Olá Mané.
    Aqui fica uma lamentação.
    Deduções Fiscais.
    É pena que Portugal,( da CEE) com outros países, estejam de fora na possibilidade de pedir recibo para as deduções fiscais.
    Só EUA,JAPÃO,ITÁLIA,ALEMANHA E HONG KONG, são os previligiados.
    Continuamos a ser (pequeninos).É pena.

    ResponderEliminar
  10. Queridas amigas,

    Eliminei mais uma vez o meu comentário prévio, devido aos múltiplos erros de grafia. Desculpem.

    Repito agora, sem erros, espero eu!

    Não, não podemos baixar os braços e nada fazer.

    É demasiado triste que temas como estes sejam ignorados.
    Este é só mais um que me deixa literalmente doente, sobretudo pelo sentimento de impotência.

    Vamos ver como reagem as pessoas, esperar que haja solidariedade efectiva. Se salvarmos alguém da morte por fome, principalmente as crianças, já é alguma coisa.

    Beijos

    ResponderEliminar
  11. Olá Manuela,
    não tem que agradecer, é sempre bom podermos ajudar e sentirmos que contribuimos para o bem estar de alguém.

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  12. Oi Manuela
    Meu blog foi presenteado com um selo e quero passa-lo a você que é uma querida amiga do Planeta do Bem. http://planetadobem.blogspot.com/2009/09/selo-blog-dorado.html
    Abraço

    ResponderEliminar
  13. Caro Fernando
    De facto, é pena essa de Portugal não ter neste caso como deduzir aos impostos o donativo à WFP. Não sei qual é o motivo, deve ser falta de comunicação entre instituições.
    Mas não deixemos que isso nos impeça de ajudar.
    Obrigada.

    Caras Fernanda e Ana Martins

    Muito obrigada pela vossa contribuição e divulgação, mais uma vez. Um beijinho.

    ResponderEliminar
  14. Olá Cleisson

    Em primeiro lugar, muitos parabéns a você e ao seu Planeta do Bem por terem recebido o selo Blog Dorado: foi bem merecido.
    E depois, obrigadíssima por ter dado também esse selo ao Sustentabilidade É Acção, ficamos muito honrados e agradecidos.
    Abraços e saudações sustentáveis de Potugal.

    ResponderEliminar
  15. Amiga Manuela,

    Também está, partir de agora, no meu Diverse Texts and Stories.

    Beijo
    Bom domingo

    ResponderEliminar
  16. Fazemos a diferença qdo ajudamos com nossos recursos os pobres que estão ao nosso redor!
    Excelente campanha, não conheço a WFP mas vejo que é uma iniciativa louvavel.

    Mto bom esse blog...
    Bjssss
    Dulce

    ResponderEliminar
  17. Amiga Fernanda
    Mais uma vez, obrigada.

    Cara Dulce
    É verdade, também fazemos a diferença quando ajudamos os pobres ao nosso redor. Mas aqueles que estão longe, e que não tem ninguém por perto para ajudar também precisam dos que estão longe, ou seja, precisam da nossa ajuda.

    Eu não quis tornar o "post" muito longo, e assim talvez tenha ficado incompleto, assim aqui vai como complemento, o que é a/o WFP:
    O WFP ou World Food Program, ou, em português, o PAM
    ou Programa Alimentar Mundial, é a agência das Nações Unidas responsável pela ajuda alimentar, é a maior organização humanitária do mundo. Fundado em 1963, o WFP ou assiste em média 90 milhões de pessoas por ano – incluindo 56 milhões de crianças – em mais de 80 países. O seu objectivo é erradicar a fome e ajudar os destituidos a sairem da pobreza. A assistência do WFP visa os mais carênciados como crianças malnutridas, crianças em idade escolar, orfãos, vítimas de desastres naturais e conflitos armados."

    Obrigada pelo seu comentário, que me deu a oportunidade de esclarecer melhor. E obrigada também por se ter tornado seguidora do blogue.

    ResponderEliminar
  18. Manuela, nunca é demais insistir nessas campanhas. Continue fazendo (muito bem) seu trabalho.

    Venho dar-lhe mais um selo, pegue-o nesse link http://essetalmeioambiente.wordpress.com/2009/09/27/novos-selos-blog-dourado-e-esse-blog-e-vip/

    abraços

    ResponderEliminar
  19. Olá Diêgo

    Mais uma vez, parabéns a você, que foi duplamente premiado - blog dorado e blog VIP. "E Esse Tal Meio Ambiente?" merece mesmo.
    E muito obrigada por achar que o "Sustentabilidade É Acção" é Blog VIP, mandando-nos o selo.

    Muito obrigada e continuação de um óptimo trabalho no seu blogue.

    Abraços de Portugal

    ResponderEliminar
  20. Manuela,

    Cheguei até aqui através da amiga Ana Martins. Coloquei o link para este post no blog de minha filha Flavia. E torço para que alguma ajuda e divulgação resulte daí.Vamos insistir!

    Parabéns pelo blog.

    Deixo um abraço carinhoso pra você.

    ResponderEliminar
  21. Odele

    Obrigada por ajudar. Já visitei
    seu blogue Flávia, Vivendo em Coma, e fiquei comovida.
    Haver pessoas com um problema tão grande como o seu e da sua filha Flávia, que ainda têm a generosidade de se preocupar com os mais infortunados, que ainda tem a delicadeza de aqui expor elogios à médica que operou a sua filha, que activamente luta por justiça e por melhor legislação para a prevenção de acidentes como o que aconteceu à Flávia,
    digo-lhe, Odele, dá-me mais esperança na humanidade.

    E agradeço também ter colocado no seu blogue o link para a campanha da WFP contra a fome que coloquei aqui no Sustentabilidade É Acção.

    Bem haja, e que sua filha melhore sempre. Obrigada.

    ResponderEliminar

Obrigada por visitar o blogue "Sustentabilidade é Acção"!

Agradeço o seu comentário, mesmo que não venha a ter disponibilidade para responder. Comentários que considere de teor insultuoso ou que nada tenham a ver com o tema do post ou com os temas do blogue, não serão publicados ou serão apagados.