sábado, 4 de julho de 2009

Fórum do Condomínio da Terra - 1º dia

Começou hoje o Fórum Internacional do Condomínio da Terra. A sessão de abertura foi iniciada por Paulo Magalhães, mentor da ideia e coordenador do projecto, tendo sido seguido por Francisco Ferreira, Vice-presidente da Quercus. Também na mesma sessão discursou Luís Filipe Menezes, Presidente da Câmara Municipal de Gaia, cidade anfitriã do evento. O seu discurso foi breve, contundente e mordaz. Disse estar desapontado com os líderes políticos mundiais, que continuam a discutir pormenores e detalhes, esquecendo-se completamente de que se tem de partir para uma mudança de paradigma e de sistema, pois continuar no sistema que motivou o problema não será o modo de o resolver. Atacou também (talvez por outras palavras que agora não me lembro) que se o tema não fosse sobre o futuro do nosso planeta, mas a questão estética e sociológica do efeito do gesto de Manuel Pinho na Assembleia da República, haveria 100.000 pessoas em fila para entrar, e que a mesma comunicação social que deu o enorme destaque e publicou em todas as capas de jornais a foto do dito gesto, praticamente não se dignou aparecer no Fórum.
Fizeram apresentações:
- Neilton Fidelis, Brasil, "Energia, Natureza e Sociedade nos Transformando em Vizinhos Globais"
- Henrique Miguel Pereira, Portugal, "Cenários para a Mudança da Biodiversidade no Século XXI"
- Uilton Tuxá, Brasil, " Contribuições das Terras Indígenas para a Conservação dos Ecossistema Florestais Brasileiros"
- José Manuel Sobrino Heredia, Espanha, "Desenvolvimento Sustentável, Aquecimento Global e Recursos Vitais para a Humanidade"
- Maria da Glória Garcia, Portugal, "Condomínio Terra: Razão para Reflectir o Direito"
- Klaus Bosselmann, Alemanha, "Instituições de Governança da Terra"
- Viriato Soromenho-Marques, Portugal, "Quatro Princípios para a Ética Pública na Era da Terra como Condomínio Global"

Os temas foram de grande interesse e muito bem explanados, e mostraram que há pessoas com boas ideias para ajudar a construir uma nova organização mundial para proteger os recursos que deviam ser de todos equitativamente: a atmosfera, a hidrosfera e a biodiversidade.

Está lançado o debate! Espero que seja uma semente que germine, cresça e dê bons frutos.

10 comentários:

  1. Para repor um pouquinho de justiça com a comunicação social: eu vi uma notícia hoje de manhã na RTP1...

    ResponderEliminar
  2. Bom, Ana Isabel, ainda bem, é que a RTP é o Media Partner do evento... só que me "esqueci" de referir porque ou me passou despercebido, ou nem sequer falaram no assunto no telejornal das 20.00...

    ResponderEliminar
  3. Continuo a achar, que nós portugueses, não somos todos uns parolos, como a maioria dos bloggers, nos quer fazer crer...
    Ainda há pessoas excelentes neste país, a esforçarem-se por melhorar o futuro do ser humano, dos ecossistemas e do planeta.
    Assim como os políticos, embora à vista pareçam todos farinha do mesmo saco, existem sempre excepções...
    E tens toda a razão, prque enquanto as pantalhas atingiram o clímax, com o gesto feio do ministro, no que toca a coisas de maior importância, a atitude é, moita carrasco!
    Mas isto, foi o que levou o nosso país ao estado em que está, a política do bota abaixo, é por todos extremamente valorizada, divulgada e há sempre argumentos para comentar!
    Não que eu seja contra, mas porque não dar o mesmo destaque ao que é de seriedade máxima?! ou até mais?!

    A resposta será: Falar mal dos outros, é que dá tusa!

    Ter ideias e construir, em vez de destruir, dá muito trabalho!
    Nem que esse trabalho seja apenas deixar um pequeno comentário para dar força e coragem, num blogue com uma finalidade tão altruísta!

    Parabéns pela tua dedicação, por teres de deixar, os teus queridos o fim de semana inteiro, meteres-te no combóio, metro, fazeres várias viagens, para no fim contares aqui o que aconteceu.

    Ah e já agora, vai pondo umas fotos tuas, que és um borracho, pois pode ser, que assim apareça mais pessoal para comentar!...
    Afinal, parece ser a melhor forma...
    Tá tudo alienado!

    ResponderEliminar
  4. Fada, obrigada pelo teu assertivo comentário (excepto a parte final, claro, que essa parte é pura gentileza fruto da amizade) e pelos elogios que muito ultrapassam o que mereço.
    É de facto mais fácil criticar o que está mal do que divulgar o que se faz de bom.
    Mas vamos devagar, pode ser que se vá entendendo que o rumo é para a frente e não para trás.
    Bem hajas.

    ResponderEliminar
  5. Olá. Bem não assisti ao Fórum mas um pequenino comentário ao que se refere caro amigo Dr. Meneses. Realmente se fosse por causa do Sr. ministros, vinha mais gente, (uma brejeirice politica do autor), mas se não foi mais gente, talvez não tivesse sido devidamente publicitado nos meios da comunicação social. Estes eventos devem passar por uma explicação em tempo de telejornais directos. Do conserto à noite, foi fraco. Não se recomenda. Para a primeira vez, acho eu, que a iniciativa foi boa e recomenda-se. Só fiquei satisfeito com a presença do CNE.

    ResponderEliminar
  6. Concordo com o remate final ... mas temo pela semente!

    ResponderEliminar
  7. Olá. Acho que a semente tem sido da melhor embora com alguns grãos para semear andarem podres. Mas como o objectivo é tentar deixar um mundo melhor ao que está, que apareçam sempre. Por mim, ao me sentar no monte, limpo o lixo que encontro para poder comer em sítio limpo. E se no campo fossem assim! Globalmente existiria uma Terra Melhor.

    ResponderEliminar
  8. Oi Manuela, td bem?
    Que fofa sua mensagem...Fiquei feliz em saber que é de Portugal..sou filha de portugêsa, com muito orgulho.
    Adorei seu blog também..vou colocá-lo como recomendado no meu.
    Postei semana passado sobre este evento..adorei..
    Parabéns pelo blog...
    Vamos nos visitando e trocando informações,ok?
    Boa semana,
    bj,
    Érica Sena/ Pensar Eco

    ResponderEliminar
  9. Obrigada Érica.
    Gostei imenso do seu Pensar Eco, É Lógico!
    Volte sempre. Eu também lá irei.

    ResponderEliminar

Obrigada por visitar o blogue "Sustentabilidade é Acção"!

Agradeço o seu comentário, mesmo que não venha a ter disponibilidade para responder. Comentários que considere de teor insultuoso ou que nada tenham a ver com o tema do post ou com os temas do blogue, não serão publicados ou serão apagados.