terça-feira, 9 de junho de 2009

Para que raio servem as águas com sabores?

As águas engarrafadas não são significativamente melhores no que concerne a benefícios para a saúde quando comparadas com boa água da rede pública; mesmo em termos de sabor.
Assim escrevia o jornalista Tom Heap, num artigo na BBCWorld online que em tempos li.
Contudo, e segundo aquele, a indústria argumenta que ao fomentar o negócio das águas está a contribuir para a melhoria dos índices de saúde pública. E assim nos cala!

Mas quais os benefícios inequívocos que retirámos das quase dezenas de águas com sabores que por aí andam?
Sabem bem? É capaz, mas e os açucares que lá estão?
E já viram a misturada que mais parece um bacanal romano?
Ele é limão, pêssego, framboesa, manga, maçã, morango, cola … falta o desgraçado do aloé vera que agora de iogurtes a detergentes pegou de estaca em tudo e tudo cura!

O disparate é de tal ordem que na Grã-bretanha até é importada água das Fiji!
Parece que se chama Fiji Q, mas confesso que não lhe topei as virtudes.
Sei, isso sim, que mais de metade dos habitantes daquele arquipélago têm sérios problemas de conseguirem água potável.
E assim vai o mundo onde alguns actuam como predadores impulsionados pelos generosos incentivos do capital …
Carago, estou com sede … ei, quem me chega aí umas Pedras Framboesa?

16 comentários:

  1. Para mim, água é água. Não tem que saber a nada. Mas faz parte do sistema capitalista criar necessidades supérfluas via marketing. Sobre isto, não há tratado nem tese universitária que valha a leitura de "Obélix & Companhia".

    ResponderEliminar
  2. Primeiro - continuamos na senda do casamento entre a moda e o consumo...
    Segundo - pelo menos para a saúde, será melhor beber água com sabores do que refrigerantes...
    Terceiro - um conselho: se a água da rede pública que tem em casa é intragável devido ao cloro ou outros tratamentos, experimente deixá-la num jarro de um dia para o outro, não totalmente fechado, dentro ou fora do frigorífico. Beba no dia seguinte. É assim que eu faço, poupando dinheiro e diminuindo os resíduos de embalagem.

    ResponderEliminar
  3. Continuamos na onda do consumismo e da ganância de conseguir sempre coisas novas.
    Quando começar a faltar a água potável (falo relativamente aos locais onde isso ainda não acontece, como é o caso de Portugal), aí é que surgirá a verdadeira preocupação, ou melhor, o pânico.
    Para mim, água com sabor não me deixa qualquer satisfação gustativa, à excepção dos tradicionais café e chá.

    ResponderEliminar
  4. bastet ailuros e é intragável a água da nossa rede pública? (esta é de mauzinho!)

    ResponderEliminar
  5. Ferreira-Pinto, não se faça de anjinho... nem tem asas nem nada...

    ResponderEliminar
  6. Que cromos! o que interessa é que haja água potável! de resto é tudo treta! Muito gosto eu de destabilizar!
    Até que enfim que o Rui apareceu por cá!

    ResponderEliminar
  7. bastet anjinho, eu? olha, olha ...
    e a menina fada vem desestabilizar o quê? e cromo eu? só aceito se for dos raros! :)

    ResponderEliminar
  8. Claro que é dos raros F.P. :)
    Pois não vê que atrai o mulherio, como o mel atrai a abelha?! :))

    ResponderEliminar
  9. Daqui a bocado temos a Bastet a dar na corneta! lol

    ResponderEliminar
  10. Porreiro, pá ... descubro agora quando estou quase caduco que sou não só cromo raro a valer grossa maquia (às tantas!) como ainda por cima tenho uma fada a garantir que sou como um casanova de trazer por casa!

    Nada mau, digo eu.

    fada, ainda somos é expulsos pela dona do recanto!

    ResponderEliminar
  11. Ferreira-Pinto, bem sabe que é insustentável que a vida seja feita só de coisas sérias! E como não há nada mais sustentável que a boa disposição (não consome recursos nem emite CO2, que eu saiba), então, até não estamos a fugir ao tema. Aliás falou de água com sabores, e a alegria é o verdadeiro sabor da vida.
    E o recanto não é só meu é também vosso.
    Parabéns a si e à Fada, que também me saiu um bom cromo.
    Voltem sempre, vocês são a alma deste "sítio".

    ResponderEliminar
  12. OH bastet, fico toda derretida...
    Afinal, somos todos uns cromos e com sabor... Obrigada.

    ResponderEliminar
  13. Oh Ferreira Pinto, essa do caduco, não está com nada! Afinal caducas são as folhas e que saiba está na flor da idade!

    ResponderEliminar
  14. Donzelas, vós derreteis-me com Vossos elogios :)

    ResponderEliminar

Obrigada por visitar o blogue "Sustentabilidade é Acção"!

Agradeço o seu comentário, mesmo que não venha a ter disponibilidade para responder. Comentários que considere de teor insultuoso ou que nada tenham a ver com o tema do post ou com os temas do blogue, não serão publicados ou serão apagados.