sexta-feira, 24 de junho de 2011

Contra a privatização da água

Facebook: "A Água é de todos! Por um referendo nacional"
Ouve-se agora falar abertamente num assunto que há muitos anos anda a ser cozinhado em surdina - a privatização da água em Portugal!

Em Itália, num referendo uma maioria absoluta acaba de dizer NÃO à privatização da água.  Na Holanda e no Uruguai, passou a ser ilegal privatizar a água. Na Bolívia, a população revoltou-se contra os efeitos nefastos da privatização da água e conseguiu reverter a situação.  

Os povos do mundo estão a ficar fartos dos oligopólios e monopólios das grandes corporações! E quando toca a um bem natural e essencial como a água, é crucial que se oponham, ou qualquer dia ainda privatizam o ar!

Por isso, desde ontem que está online uma petição pública solicitando um referendo nacional à privatização da água. Que seja o povo a decidir:  assine a 


Não perca também o documentário Ouro Azul - A Guerra Mundial pela Água (Sam Bozzo, 2008), abaixo  incorporado, onde percebemos, numa visão integrada, a situação dramática da água no mundo. Com testemunhos de Wangari Maathai,  de Ryan e de Vandana Shiva, entre muitos outros, vemos como o novo colonialismo das corporações (grandes multinacionais) tem sede de privatizar a água, e como o o banco Mundial desempenha o papel de lobo com pele de cordeiro nesta guerra!

16 comentários:

  1. Só podem estar malucos!!! Então querem levar este assunto a um Referendo... para quê? A MANADA ainda não está com sede suficiente para se revoltar contra o que quer que seja, mesmo contra isto... de resto o Referendo a ser feito duvido que sirva para algo pois a maioria não se vai mexer para ir votar num referendo... 1998 - 68.11% Abstenção / 1998 (1ª pergunta) - 51.88% Abstenção / 2007 - 56.43% Abstenção...

    Temos que esperar pela privatização, pela exploração, pelo saque... e só depois a MANADA vai reagir...

    Então se nem ao corte dos salários mexeram uma palha, quanto mais a isto!

    ResponderEliminar
  2. Mas esta palhaçada de privatizar a água está Globalizada... lê aqui

    É sem dúvida o substituto do petróleo... muitos mil milhões (vês...) a ganhar!!!!

    ResponderEliminar
  3. É... parece que vamos mesmo pagar para respirar. Não estou a brincar, vamos mesmo! Não acrescento mais nada porque o Voz na sua forma ríspida disse a realidade... Acrescento com as frases do visionário George Orwell:

    "Quem controla o passado, controla o futuro. Quem controla o presente, controla o passado."

    "Uma situação trágica existe, quando o homem é mais nobre do que as forças que o destroem."

    E agora para a grande maioria dos que se estão borrifando para as coisas mais importantes da vida, que é toda a larga maioria e a quem eu chamo de culpados, deixo esta frase do mesmo autor:

    "A maneira mais rápida de acabar com uma guerra é perdê-la."

    e ainda:

    "Se liberdade significa alguma coisa, é o direito de dizer às pessoas o que elas não querem ouvir." Pena é que essa gente que precisa de ler o recado de Orwell, não venha ao teu blogue...

    Estamos a "entrar" no 1984 de Orwell... ele só se adiandou uma década e pouco na minha percepção, da vez que já me apercebo que caminhamos para lá desde 2001. Foi um visionário, mesmo!... E nada a fazer, pois como diz o Voz... estão-se nas tintas e só vão acordar quando tiverem as correntes e grilhetas atadas nas mãos e pés.
    Se lessem livros em vez de imprensa cor de rosa... seria uma ajuda, mas nem isso nem deixar de estar sob hipnose estupidificante da caixinha escravisadora, a TV e agora o FB...

    ResponderEliminar
  4. E enquanto andamos aflitos e preocupados para que não nos privem de um Bem necessário à sobrevivencia, os políticos continuam a roubar-nos descaradamente como aqui nos mostram.

    ResponderEliminar
  5. Este tema também me é querido. Assinei a petição e fico com o "olho" neste video... Obrigado

    ResponderEliminar
  6. Apoio total à petição. POr essas razões e por outra dentro da lógico do liberalismo que nos governa: as privatizações irão desviar o financiamento dirigido à produção de bens transacionáveis, que tão necessário é para se recuperar o essencial - o crescimento económico.
    Tinham razão os nossos agora ministros liberais ao dizerem que a compra de títulos do tesouro pelos bancos portugueses induziam esse efeito.
    Mas, curiosamente, põem em prática por outro modo o que antes criticavam.
    Não passa de uma opção ideológica que irá sair cara a Portugal.
    A não ser que pretendam que quem fique com as empresas a privatizar sejam ...os estranjeiros!

    ResponderEliminar
  7. Olá Manuela,

    Já assinei a petição. É o mínimo que podemos fazer.
    Será que o homerm, na sua louca ambição, ensadeceu definitivamente?

    Abraço.

    ResponderEliminar
  8. Olá Voz, Lena, Rogério, Henrique e Teresa

    Eu não sei se o Homem enlouqueceu, mas lá que parece, parece. Li agora um artigo interessante numa revista, que fala de mediocridade. Decerto é essa mediocridade que deixa que tanta estupidez aconteça.

    Quanto à petição, realmente, não devia ser preciso, devia ser demasiado óbvio que a água não deve ser privatizada. Mas parece que é a única maneira possível!

    Valham-nos os felizes exemplos que mencionei, e que mostram que alguns povos estão a acordar...

    Obrigada pela visita e pelo vosso contributo

    Boa continuação de Domingo :)

    ResponderEliminar
  9. Boa Tarde, Manelinha

    Em "Sustentabilidade é acção" não poderia faltar um post como este.

    É de há tanto tempo que me indigno seriamente, sempre que ouço falar de privatizar a água!
    Votei contra, obviamente (refiro-me ao referendo italiano).
    Ouço falar na privatização de "Águas de Portugal". Espero que que ponham de lado tal indecência.

    Um beijinho
    Alda

    ResponderEliminar
  10. Estimada Manuela Araújo: já assinei a petição. No mínimo estas iniciativas valem o máximo: o despertar de consciências para o mundo que nos rodeia. Bem-haja mais uma vez!

    Valdemar Rodrigues

    ResponderEliminar
  11. Petição assinada e documentário mais que partilhados...

    Era só o que faltava!
    Não vamos deixar.

    O documentário é brutal!

    E assim, se deixarmos, cada vez seremos mais escravizados...

    O que querem para Portugal é esta espécie de "democracia"?

    ResponderEliminar
  12. Olá cara D. Alda

    Pois tem razão, é mesmo uma indecência! Espero que vá a referendo, e depois espero que o povo tenha juízo! Privatizar um bem essencial como a água é imoral! Na Bolívia, chegaram a proibir a recolha de águas da chuva, veja lá onde a estupidez humana chegou!

    Obrigada pela visita, beijinhos e boa semana :)

    ResponderEliminar
  13. Caro Valdemar Rodrigues

    Claro que sabia que assinaria a petição, pois parece não haver outra maneira de impedirmos a loucura de privatizar um bem tão essencial.

    Muito obrigada pelo comentário, e sobretudo, muito obrigada pela sua voz na luta contra a eestupidez humana nestes tempos de loucura sem precedentes.

    Um abraço, e bem haja!

    ResponderEliminar
  14. Ana Teresa

    É isso mesmo, era o que faltava! Temos que continuar a divulgar, a ver se a petição atinge um número considerável.

    Daqui por uns dias, volto a enviar uns mails para relembrar.

    Também gostei muito do documentário, está muito bem feito, pois dá uma perspectiva global e ligada do tema. Até se releva os erros da tradução, que não afectam a compreensão, e agradecer a quem fez esse esforço, que com certeza não foi pequeno.

    Obrigada e até breve :)

    ResponderEliminar
  15. Só mais umas palavras, a petição não é a única maneira possível para não deixarmos que privatizem a água.
    Há mais, mas é preciso que se mexam e se manifestem nas ruas...ou vamos estar á espera que a situação seja mesmo má para reagirmos?

    ResponderEliminar

Obrigada por visitar o blogue "Sustentabilidade é Acção"!

Agradeço o seu comentário, mesmo que não venha a ter disponibilidade para responder. Comentários que considere de teor insultuoso ou que nada tenham a ver com o tema do post ou com os temas do blogue, não serão publicados ou serão apagados.

Rice up against hunger