Ser Solidário

Em pleno século XXI; Num mundo onde morrem 10 crianças de fome por minuto e onde mais de mil milhões de pessoas passam fome crónica; Num mundo em crise económica e com uma atroz injustiça na distribuição de riqueza; Num mundo em que as alterações climáticas cada vez provocam mais vítimas sem abrigo, sem água potável, sem comida.

Faça a sua parte e contribua para ajudar quem mais precisa; Apenas um clique, um telefonema ou um pequeno donativo serão uma gota de esperança para formarmos um oceano de solidariedade. Veja aqui alguns modos simples de ajudar quem mais precisa:


Ajude as vítimas do tufão Haiyan do passado dia 8 de novembro de 2013, que causou vários milhares de vítimas mortais nas Filipinas e que afetou vários milhões de pessoas, fazendo um donativo para a UNICEF Portugal ou para uma das entidades listadas nesta página do movimento 350.





Catástrofe Humanitária no Corno de África devido à seca extrema - ajude através da UNICEF Portugaldo World Food Programou através de outras organizações



No "The Hunger Site", basta clicar que já está a dar. Vá lá sempre que puder, os patrocinadores pagam por si.

The Hunger Site


Ajude a AMI (Assistência Médica Internacional), com um donativo através de multibanco ou por transferência bancária

Ajude a Cruz Vermelha Portuguesa, por donativo através de multibanco ou transferência bancária.

O Banco Alimentar, ajudando nas campanhas de Maio e Novembro, ou com um donativo




A AMURT Portugal com um donativo de 1 € por mês, através do progama de Adoção à Distância ou do programa de Adoção de Grupos




Ajude o WFP (Programa Alimentar Mundial):


Jogue FREERICE (línguas, artes, geografia, química, matemática), e, enquanto aprende, está a doar 10 grãos de arroz por cada resposta certa, a uma pessoa com fome.

Play Freerice and feed the hungry

Ajude a reconstruir o Haiti com um donativo

Help Haiti

Com apenas um euro, encha taças de arroz (0,20 € enchem 1 taça) 

Help end child hunger

Junte-se aos "bloggers contra a fome do WFP" e ajude om palavras


Concorda que haja dinheiro para financiar bancos, para financiar guerras, e não haja dinheiro para ajudar os povos que sofrem de fome crónica? Eu não! Está na hora de dizer BASTA. Zangue-se também e diga que não aceita esta insustentável situação. Assine a petição do WFP em colaboração com a FAO.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por visitar o blogue "Sustentabilidade é Acção"!

Agradeço o seu comentário, mesmo que não venha a ter disponibilidade para responder. Comentários que considere de teor insultuoso ou que nada tenham a ver com o tema do post ou com os temas do blogue, não serão publicados ou serão apagados.