domingo, 21 de julho de 2013

Gratidão



Que a beleza deste mundo nos encante apesar de todas as adversidades, nos permita agradecer a dádiva do dia de hoje e olhar o futuro com um sorriso. Esperança e otimismo não são fáceis nestes tempos tão conturbados onde o poder está numa ínfima minoria que açambarca dinheiro e recursos, mas são fundamentais para que se consiga prosseguir feliz e lutando. Para completar, uma citação de Fernando Pessoa:

"Eu era um poeta impulsionado pela filosofia, não um filósofo dotado de faculdades poéticas. Adorava admirar a beleza das coisas, descortinar no imperceptível, através do que é diminuto, a alma poética do universo." (continua aqui)

quinta-feira, 18 de julho de 2013

"Entre em Ação! Inspire a Mudança" - Dia de Nelson Mandela

«No dia 18 de julho - o dia em que Nelson Mandela nasceu - a ONU junta-se ao apelo da Fundação Nelson Mandela para dedicar 67 minutos de tempo para ajudar os outros, como uma forma de marcar o Dia Internacional de Nelson Mandela.»  Fonte: ONU

Nelson Mandela completa  95 anos neste 18 de julho de 2013, ainda internado num hospital em Pretória, depois de um período muito difícil com a saúde extremamente debilitada,  mas felizmente parece estar a recuperar (ver notícia aqui).

Há dois anos, publiquei a mensagem com as 67 sugestões para mudar o mundo da Fundação Nelson Mandela junto com o apelo lançado para que todos os cidadãos disponibilizem 67 minutos do seu tempo a ajudar os outros. Cada um dos 67 minutos e cada uma das 67 sugestões correspondem a um ano da luta do líder sul-africano pela liberdade.

Hoje, com os sinceros votos de boa recuperação e os parabéns a este Homem excepcional, fica o filme sobre os vários nomes de Mandela e republico essa tradução das 67 sugestões (original em http://www.mandeladay.com/static/join).




Apesar de parte das 67 maneiras de ajudar à mudança sugeridas no âmbito do Mandela Day não se adaptarem ao nosso país ou à nossa comunidade, com certeza que muitas haverá em que podemos usar 67 minutos do nosso tempo. E que seja uma apenas. Destas 67 ou de muitas outras. Por isso, para usar, ou para despertar a criatividade, aqui fica a tradução do apelo:


Pensar nos outros
1. Faça um novo amigo. Conheça alguém de um meio cultural diferente. Somente através da compreensão mútua podemos livrar as nossas comunidades da intolerância e xenofobia.
2. Leia a alguém que não pode. Visite uma casa local para cegos e abra um novo mundo para alguém.
3. Arranje os buracos na sua rua ou bairro.
4. Ajude no abrigo animal local. Cães sem casas também precisam de um passeio e de um pouco de amor.
5. Descubra na sua biblioteca local têm uma hora para uma história e ofereça-ser para ler durante a mesma.
6. Ofereça-se para levar um vizinho idoso que não pode conduzir para fazer suas compras ou tarefas.
7. Organize um dia de limpeza do lixo na sua área.
8. Arranje um grupo de pessoas para tricotar um quadrado de malha e fazer um cobertor para alguém que precise.
9. Voluntarie-se na sua estação de polícia ou organizações locais de ajuda.
10. Doe suas habilidades!
11. Se você é um construtor, ajude alguém a construir ou melhorar a casa.
12. Ajude alguém a iniciar o seu negócio.
13. Construa um site para alguém que precisa, ou para uma causa você acha que precisa do apoio.
14. Ajude alguém a conseguir um emprego. Redija e imprimir um curriculum vitae, ou ajude a preparar as entrevistas.
15. Se você é um advogado, faça algum trabalho pro bono por uma causa que vale a pena ou pessoa que precisa.
16. Escreva para o vereador da área acerca de um problema que requer atenção, e que você não tem possibilidade de resolver.
17. Patrocine um grupo de alunos para ir ao teatro ou ao jardim zoológico.

Ajudar a uma boa saúde
18. Entre em contacto com organizações locais de HIV e descubra como pode ajudar.
19. Ajude no hospital local, pois além dos pacientes, os funcionários muitas vezes precisam de apoio.
20. Muitos doentes terminais não têm ninguém com quem falar. Demore um pouco a ter uma conversa e a trazer alguma luz nas suas vidas.
21. Converse com seus amigos e família sobre o HIV.
22. Faça o teste de HIV e encoraje o seu parceiro a fazê-lo também.
23. Leve um saco cheio de brinquedos para a ala de crianças de um hospital local.
24. Leve os membros mais jovens da sua família para um passeio no parque.
25. Doe algum material médico a uma clínica da comunidade local.
26. Leve alguém que você conhece e não pode pagar, para fazer um exame ou consulta aos olhos ou aos dentes.
27. Cozinhe algo para um grupo de apoio de sua escolha.
28. Inicie uma horta comunitária para promover a alimentação saudável na sua comunidade.
29. Doe uma cadeira de rodas ou um cão guia, a alguém em necessidade.
30. Faça um cabaz de alimentos e dê a alguém em necessidade.

Tornar-se um educador
31. Ofereça-se para ajudar na sua escola local.
32. Oriente um aluno ou um jovem que abandonou a escola no seu campo de especialização.
33. Seja treinador numa das actividades extra que a escola oferece. Também pode se voluntariar para treinador de uma actividade que a escola não oferece.
34. Ofereça-se para dar aulas de reforço numa matéria escolar em que você é bom.
35. Doe seu computador velho.
36. Ajudar a manter os campos de desporto.
37. Arranje uma sala de aula, substituindo janelas partidas, portas e lâmpadas.
38. Doe um saco de material de arte.
39. Ensine uma turma de alfabetização de adultos.
40. Pinte salas de aula e edifícios escolares.
41. Doe seus manuais escolares, livros ou outros bens, a uma biblioteca escolar.

Ajudar os que vivem na pobreza
42. Compre alguns cobertores, ou pegue os que você tem em casa e não precisa mais, e dê-os a alguém em necessidade.
43. Limpe os seus armários e doe as roupas que já não usa a alguém que precisa delas.
44. Monte cabazes de alimentos para uma família carente.
45. Organize uma venda de bolos, lavagens de carros ou vendas de garagem de caridade e doe os lucros.
46. Para os mais pobres dos pobres, sapatos podem ser um luxo. Não os acumule se você não os usa. Dê-os!
47. Voluntarie-se para ajudar na “sopa dos pobres” local.

Cuidados para a juventude
48. Ajude num orfanato ou abrigo de crianças local.
49. Ajude crianças com os seus estudos.
50. Organize um jogo amigável de futebol, ou patrocine as crianças para assistir a um jogo no estádio local.
51. Treine uma equipe de desporto e faça novos amigos.
52. Dê equipamentos desportivos a abrigos de crianças.
53. Doe brinquedos educativos e livros a um orfanato.
54. Pinte, repare ou infra-estruture um orfanato ou um centro de juventude.
55. Oriente alguém. Arranje tempo para ouvir o que as crianças têm a dizer e dê-lhes bons conselhos.

Acarinhar os idosos
56. Se você tocar um instrumento, visite um lar de idosos local e toque durante uma hora os moradores e funcionários.
57. Ouça a história de alguém mais velho do que você. As pessoas esquecem que os idosos têm sabedoria e uma experiência enriquecedora, e, muitas vezes, uma história interessante para contar.
58. Leve uma pessoa idosa às compras no mercado, pois eles vão apreciar sua companhia e assistência.
59. Leve o cão de alguém a passear, se essa pessoa for demasiado frágil para fazê-lo.
60. Corte a relva de alguém e ajude-o a consertar as coisas no quintal.

Cuidar do seu ambiente
61. Se não houver ecopontos para reciclagem na sua zona, peça ao vereador da área para fornecer um.
62. Doe árvores nativas para embelezar bairros nas zonas mais pobres.
63. Recolha jornais velhos de uma escola, centro comunitário ou hospital e leve-os a um centro de reciclagem.
64. Identifique tampas de saneamento abertas na sua área e relate às autoridades locais.
65. Organize a empresa, escola ou organização em que você trabalha para que desliguem todas as luzes desnecessárias e fontes de alimentação à noite e nos fins de semana.
66. Ajude a convencer pessoas que deitam lixo fora de qualquer maneira, do valor do ambiente limpo.
67. Organize com algum amigos uma limpeza do seu parque local, rio, praia, rua, praça ou recintos desportivos. As nossas crianças merecem crescer em um ambiente limpo e saudável.


quarta-feira, 3 de julho de 2013

Células dendríticas - Imunoterapia no combate ao cancro

Reportagem "Células da Esperança" emitida no Jornal da TVi de dia 24/6/2013:


"A imunoterapia celular pode ser a resposta na cura do cancro. Morrem todos os anos 8 milhões de pessoas no mundo. Trata-se de um principio biológico onde a ideia é reprogramar o sistema imunitário dos doentes oncológicos para que as células saudáveis matem as doentes, que têm a informação tumoral. O que se está a fazer há 14 anos em Duderstat, na Alemanha, é retirar os monócitos do próprio doente e fabricar em laboratório células dendriticas que, quando colocadas em contacto com a informação tumoral do doente e, posteriormente, reinjectadas no seu corpo, lançam um alerta ao sistema imunitário que destrói o tumor. A técnica só dá para tumores sólidos e os resultados têm sido surpreendentes. Nesta clínica, já se tratam mais de 400 portugueses e quando lá chegam, a grande maioria, partiu de Portugal com uma sentença de morte. Na Alemanha, encontram a esperança numa vacina de células dendriticas cuja produção e aplicação está licenciada pelas autoridades de saúde da baixa saxónia. A TVI foi ao terreno perceber o que se está a passar. Ouviu a opinião dos médicos portugueses, analisou exames com peritos, escutou as histórias dos doentes e perguntou porque é que a industria farmacêutica não está nada interessada em investir neste tipo de tratamento para os doentes oncológicos. «As Células da Esperança» é uma reportagem da jornalista Alexandra Borges, com imagem de Nuno Quá e edição de Miguel Freitas"
Fonte: http://www.tvi24.iol.pt/programa/3008/96

Petição REPETIÇÃO REPORTAGEM "CÉLULAS DA ESPERANÇA" SEGUIDA DE DEBATE EM CANAL ABERTO em http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=P2013N70219

Mais sobre o tema:

"A luta para salvar Safira"http://visao.sapo.pt/a-luta-para-salvar-safira=f629911


CARTA ABERTA – ACERCA DA REPORTAGEM DA TVI, de Gabriel Mateus, pai de Safira:  http://blog.projetosafira.org/2013/06/28/carta-aberta-acerca-da-reportagem-da-tvi/


segunda-feira, 1 de julho de 2013

Eventos à Solta, 13 de julho, Vila Nova de Famalicão


«O Projecto QdC – Quintinha da Carvalheira está a dar os primeiros passos e convida-o a participar no "Eventos à Solta", dia 13 de Julho.

Um evento ao ar livre, para toda a família!

Este projecto, baseado na prática da sustentabilidade e princípios da permacultura, pretende recuperar um terreno abandonado com o intuito de criar horta e pomar em modo biológico, bem como reabilitar um edifício e alguns anexos, de forma a poder dar abrigo a pessoas e animais e dinamizar diversas actividades e workshops.

Surgiu a ideia de se criar um evento ao ar livre, no espaço da Quintinha, com o intuito de se angariar fundos para ajudar nas obras de reabilitação. E assim, temos o "Eventos à Solta".

O evento será diversificado, com muitas actividades nas áreas de terapias alternativas, desenvolvimento pessoal e social, oficinas e palestras sobre permacultura, prácticas sustentáveis de vida, e música. 

Um dia dedicado ao bem-estar e ao enriquecimento pessoal! »

Inscrições e/ou dúvidas: geral.quintinha@gmail.com (962426158/963408282)
Mais informação aqui. Atualizações  e evento no Facebook aqui.

Local:  Rua dos Campos, 167A, Gavião, Vila Nova de Famalicão    |    Programa: