quarta-feira, 30 de maio de 2012

"Troca-te! Dos Pés à Cabeça" - Dia 2 de Junho, Lisboa

Divulgação da nova edição do "Troca-te!", com o tema "Dos pés à cabeça", no próximo sábado, dia 2 de Junho, em Lisboa

Uma iniciativa de Teresa Simões e Adriana Fernandes para um estilo de vida sustentável, e que nesta edição é dedicado à Troca de Roupa e Acessórios.

O evento ocorrerá no Espaço SOU - Associação Cultural - Rua Maria nº 73 (à Forno do Tijolo), Zona: Anjos.
Terá início às 15h00 e terminará às 19h00  e destina-se uma vez mais, a crianças e adultos, de todas as idades e tamanhos!
Durante todo o evento existirá também uma zona dedicada à costura.

Não são necessárias inscrições mas qualquer esclarecimento poderá ser feito através de info.trocate@gmail.com.
Não serão consideradas roupas com danos irreparáveis tais como rasgões ou nódoas. A roupa ou acessório tem que estar em bom estado de utilização

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Portugal - Terra

Apreciem estes quatro minutos de beleza natural do nosso Portugal num vídeo da Aidnature.org.  

Imagem obtida de Aidnature
"A Aidnature.org é uma Associação Sem fins Lucrativos, qualificada como Organização Não Governamental, fundada em 2011 em Lisboa, Portugal. 


A Aidnature.org tem como missão a capacitação das comunidades humanas no sentido de um desenvolvimento em harmonia com a Natureza, concretizando os seus objectivos através da documentação da Biodiversidade, da divulgação do estado de preservação dos ambientes naturais, e da sensibilização das comunidades para a necessidade de conservar os ambientes selvagens."




"Alguns momentos do que as nossas lentes têm fotografado no decorrer do último ano que o vão levar numa pequena viagem desde as mais densas florestas até aos picos das maiores montanhas atalhando por entre o Montado, descendo os mais belos rios sem deixar de passar pelos estuários e chegando finalmente aonde o mar começa.

Conheça Portugal! Conheça as nossas Espécies! Siga a Natureza:

Locais: Serra de Sintra, Serra da Lousã, Serra de Montesinho, Serra da Estrela, Rio Zêzere, Rio Tuela, Rio Douro, Tejo Internacional,Reserva da Faia Brava, Estuário do Tejo, Costa Vicentina.

Espécies de Fauna por ordem de aparição:
Veado, Cia, Gaio, Felosa Comum, Esquilo, Salamandra, Javali, Lobo Ibérico, Corço, Milhafre Preto, Chapim Azul, Pintaroxo Comum, Tentilhão, Melro, Cartaxo, Grifo, Abutre do Egipto, Abutre Preto, Pisco, Raposa, Bico Grossudo, Gamo, Abelharuco, Verdilhão, Veados, Flamingos, Ibis Preta, Garça Real, Garça Branca, Colhereiro, Cegonha Branca, Gaivota de Cabeça Escura.

Música: Time - Hans Zimmer"

Limpeza com produtos não-tóxicos




Parte 1 - Limpar a casa


Parte 2 - Tratar a roupa

quinta-feira, 24 de maio de 2012

"Esta não é a única realidade possível" - Eduardo Galeano

Entrevista com Eduardo Galeano, escritor uruguaio, transmitida no programa "O Tempo e o Modo", com realização de Graça Castanheira (RTP 2) no dia 10 de Maio de 2012. 

"Eduardo Galeano nasceu em Montevideo, Uruguai, em 1940. É jornalista e escritor. Combina ficção, história e análise política nos seus textos. Viveu exilado grande parte da sua vida. Regressou a Montevideo em 1985, onde vive e escreve, até hoje.

Galeano fala um pouco do seu percurso e muito do percurso de um arco-íris terrestre sistematicamente mutilado ao longo da história; que é essencial ouvir e escutar com respeito; do contraditório e de fraturas entre o que  devia estar unido; que o sonho é parte da realidade; que o mundo está grávido de outros mundos muito melhores que este e que é preciso ajudá-los a nascer. 

Sobretudo, Galeano fala bem, fala como um ser "sentipensante", e chega até nós, com o coração e a razão, com o corpo e alma, inteiro.

A não perder, tal como os dois anteriores vídeos aqui colocados anteriormente com Eduardo Galeano: O Direito ao Delírio e A Ordem Criminosa do Mundo.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Biodiversidade marinha em sério risco


 Dia 22 de Maio é o Dia Internacional da Biodiversidade, e este ano, dedicado à Biodiversidade Marinha.


A vida e a biodiversidade marinhas são de uma riqueza e beleza espantosas, mas as atividades humanas tem vindo a colocar em sério risco todo este sensível ecossistema. O equilíbrio está a perder-se, ameaçado pela pesca predatória e excessiva, pelas técnicas de pesca destrutivas, pela poluição (pelos químicos da indústria e da agricultura, pelos acidentes na extração e transporte de petróleo, pelo lixo plástico que acumula em ilhas de tamanho de continentes, pela deposição de lixo tóxico), pelas alterações climáticas ( aumento de temperatura do oceano e acidificação devida ao aumento do teor de dióxido de carbono).

O vídeo a seguir, "O Fundo da Linha", já aqui foi colocado em 2009, sobre a pesca de arrasto, mas parece-me oportuno voltar a recordá-lo. Mais abaixo, um curto vídeo que explica sumariamente o efeito da acidificação (diminuição do pH pela dissolução do CO2) da água do mar na vida marinha: 



domingo, 20 de maio de 2012

Coro Infantil de Santo Amaro de Oeiras vence concurso musical para a Rio+20

 O Coro Infantil de Santo Amaro de Oeiras está de parabéns, pois obteve o primeiro lugar no concurso internacional "Global Rockstar Rio +20 Music Contest", para crianças até 14 anos, com a canção Meu Planeta a Azul. Notícia chegada aqui através da Conversa Avinagrada, do Rogério Pereira, a quem agradeço e a quem peço para fazer minhas as suas palavras.



«Canção "Meu Planeta Azul" foi a mais votada online. Coro vai agora ao Brasil para cantar na Cimeira das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável Rio+20. Falta angariar apoios para todas as crianças viajarem.»(Fonte: DN Artes)

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Barragens: "Facturas de Betão"

Sobre o negócio das barragens, já aqui foi publicado o programa do Biosfera em Outubro passado. Agora, é a vez da reportagem da TVI "Facturas de Betão", emitida no passado dia 7 de Maio.



«O Governo aprovou, esta quinta-feira, "um pacote de medidas com vista à redução do peso das remunerações do setor elétrico" e "em prole do interesse nacional", anunciou o ministro da Economia.» (Fonte: JN, 17/05/2012)

Do que disto vai resultar, não sei, mas duvido muito que venha a ter alguma vantagem para a maioria dos portugueses, pois de uma maneira ou de outra acabam sempre pagando as facturas. 

Petição Avaaz: "PARAR A BARRAGEM DO TUA"

"Parar a barragem do Tua


Há alguns dias, o comité do Património Mundial da Unesco, afirmou a intenção de parar as obras da construção da barragem da foz do rio Tua, que ameaça a classificação da zona do Alto Douro Vinhateiro.

Imagem de JN
Vamos dizer à nossa Assembleia da República que também estamos contra à construção desta barragem, que além de afectar negativamente o ecossistema deste património natural, fará com que o custo por kWh seja duas vezes maior que o actual custo médio de produção, cinco vezes maior que reforços de potência em barragens existentes e doze vezes maior que a aplicação de medidas de uso eficiente da energia; isto significará um aumento de 10% na factura de electricidade das famílias portuguesas!
Um claro negócio que apenas beneficia a EDP e os seus gestores.

Não temos tempo a perderassine a petição para salvar o rio Tua e divulgue essa campanha para todos."

PARE, ESCUTE, OLHE

PARE, ESCUTE, OLHE: um belíssimo e importante documentário de Jorge Pelicano!

Fotografia de Leonel de Castro obtida aqui
"SINOPSE
Dezembro de 91. Uma decisão política encerra metade da centenária linha ferroviária do Tua, entre Bragança e Mirandela. Quinze anos depois, o apito do comboio apenas ecoa na memória dos transmontanos. A sentença amputou o rumo de desenvolvimento e acentuou as assimetrias entre o litoral e o interior de Portugal, tornando-o no país mais centralista da Europa Ocidental.
Os velhos resistem nas aldeias quase desertificadas, sem crianças. A falta de emprego e vida na terra leva os jovens que restam a procurar oportunidades noutras fronteiras. Agora, o comboio que ainda serpenteia por entre fragas do idílico vale do Tua é ameaçado por uma barragem que inundará aquela que é considerada uma das três mais belas linhas ferroviárias da Europa.

PARE, ESCUTE, OLHE é uma viagem por um Portugal profundo e esquecido, conduzida pela voz soberana de um povo inconformado, maior vítima de promessas incumpridas dos que juraram defender a terra. Esses partiram com o comboio, impunes. O povo ficou, isolado, no único distrito do país sem um único quilómetro de auto-estrada."


quinta-feira, 17 de maio de 2012

Um sistema financeiro criminoso

"Ao contrário da crença popular, o dinheiro que circula pelo mundo não é criado pelos governos, mas sim pela banca privada em forma de empréstimos, que são a origem da dívida." 

Imagem obtida aqui
Este é o lead de um artigo de Marco Antonio Moreno  intitulado:

 "Como o sistema financeiro criou a dívida e nos arrastou para onde estamos agora"

publicado em 15/06/2011 no  El Blog Salmon e traduzido no site  esquerda.net.

 O filme que lá incorporaram, "Money as Debt" pode ser visto aqui com legendas em português. 

Sobre o funcionamento do sistema monetário, fica aqui este vídeo extraído do filme "ZEITGEIST - Addendum" (1ª parte), que pode ver por inteiro aqui.

Abram os olhos e a mente, porque o que o sistema financeiro mundial, os bancos centrais e as grandes corporações, com a ajuda dos governos da maioria dos países, estão a fazer - desviar e concentrar os recursos que são de todos para apenas alguns - não só não é legítimo, como é, na realidade, um crime contra a humanidade

terça-feira, 15 de maio de 2012

Novo Código Florestal do Brasil: VETA TUDO DILMA!


O parlamento brasileiro aprovou, em Abril passado,  a reforma do código florestal, uma lei que existe desde 1934. A nova lei prevê o alargamento das zonas agrícolas em regiões até agora protegidas, como a Amazónia, e amnistia os que têm vindo a cometer crimes ambientais contra a  floresta.

Milhões de pessoas no Brasil protestam contra uma lei que, ao contrário do que alega, protege os grandes latifundiários e não os pequenos produtores, e permite o aceleramento da destruição da floresta. Está agora nas mãos da presidente Dilma Roussef a decisão, até ao próximo dia 25 de Maio, de aprovar, vetar parcialmente ou totalmente esta nova lei.

Para além dos crimes ambientais, mais de duas centenas de defensores da floresta e opositores ao desflorestamento, foram assassinados nos últimos dez anos.

A seguir, um vídeo feito pelos habitantes de Fortaleza apelando ao veto de Dilma sobre as alterações ao Código Florestal Brasileiro, que explica de um modo muito claro o que está em causa:



Saiba mais em http://www.florestafazadiferenca.org.br/home/, incluindo os locais e datas das manifestações em várias cidades do Brasil.


domingo, 13 de maio de 2012

Parlamento Europeu vota contra as patentes sobre plantas e animais

 «O Parlamento Europeu aprovou ontem uma resolução pedindo ao Instituto Europeu de Patentes para parar a concessão de patentes ao melhoramento genético convencional de plantas e animais. A resolução foi apresentada conjuntamente pelos deputados de vários partidos e foi aprovada com ampla maioria. A votação segue as exigências de alguns parlamentos nacionais, como o Bundestag Alemão, para pôr fim às patentes de melhoramento vegetal e animal.

"Este é um enorme sucesso para todos os agricultores, criadores e consumidores que estão preocupados com a monopolização dos nossos recursos alimentares", diz Ruth Tippe da coligação No Patents on Seeds "Esta votação não pode ser ignorada pelo Instituto Europeu de Patentes - é hora de parar a venda dos recursos necessários para a nossa vida diária.”
Mas ainda há um longo caminho a percorrer - se o Instituto Europeu de Patentes não tomar medidas contra estas patentes, será necessária uma mudança na legislação europeia sobre patentes para fortalecer as proibições actuais. A No Patents on Seeds está a pedir aos governos dos Estados-Membros da UE que deem um primeiro passo na futura decisão sobre a chamada nova Patente Unitária."»

Fonte e notícia completa (de 11/05/2012) em GAIA - Campanha Europeia pelas Sementes Livres



quarta-feira, 9 de maio de 2012

PAIS - Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (Brasil)



«O SEBRAE, a Fundação Banco do Brasil e o Ministério da Integração Nacional, por meio da Secretaria de Programas Regionais, uniram-se para fazer a diferença através de um trabalho articulado com comunidades de baixa renda, contribuindo para a inclusão econômico- social e proporcionando um salto de qualidade de vida de forma integrada e sustentável.

Partindo do princípio de que o mundo vive imerso em valores ditados pela globalização e pelo neoliberalismo econômico, em uma pequena fatia privilegiada da humanidade imperam o consumo e a corrida pela alta produtividade sem a devida preocupação com as conseqüências desse processo, especialmente a degradação ambiental.

Na outra parte do mundo, onde sobrevive a maioria da população de nosso planeta, a realidade é bem diferente. Muitos enfrentam um processo degradante de retirada de seu sustento até mesmo dos lixos urbanos, situação que se repete diariamente deixando que o ser humano perca a esperança e a dignidade.

Diversas políticas públicas vêm sendo desenvolvidas para combater essa triste realidade. Mas ainda há muito o que se fazer para que seja erradicado o problema da miséria em nosso país. Pensar uma política que resolva definitivamente a questão da fome e da pobreza significa partir de idéias e princípios que respeitem a vida, os hábitos e costumes da população e principalmente garantam a sustentabilidade das comunidades de baixa renda.

A tecnologia social PAIS (Produção Agroecológica Integrada e Sustentável) inspirou-se na atuação de pequenos produtores que optaram por fazer uma agricultura sustentável, sem uso de produtos tóxicos e com a preocupação de preservar o meio ambiente. Integrando técnicas simples e já conhecidas por muitas comunidades rurais, o modelo busca:
• Reduzir a dependência de insumos vindos de fora da propriedade;
• Diversificar a produção;
• Utilizar com eficiência e racionalização os recursos hídricos;
• Alcançar a sustentabilidade em pequenas propriedades;
• Produzir em harmonia com os recursos naturais.

O alcance desses objetivos só é possível devido à iniciativa e à criatividade dos produtores rurais e do incentivo de instituições capazes de fomentar e articular ações que gerem sustentabilidade.»


domingo, 6 de maio de 2012

Permacultura: A horta caseira de Geoff Lawton

Imagem de Cecilia Macaulay   obtida aqui
No ano passado, falei aqui no Dia Nacional da Permacultura na Austrália, mas este ano, comemora-se hoje, dia 6 de Maio, o primeiro Dia Internacional da Permacultura! E para assinalar, deixo aqui dois vídeos com Geoff Lawton. 

Geoff Lawton é um consultor, designer e professor de permacultura. A pedido de Bill Mollison, um dos pais da permacultura, Geoff criou e dirige o "The Permaculture Research Institute" na Austrália, um instituto de pesquisa e ensino que atua como um centro de rede global para os projectos de permacultura. 

No primeiro vídeo, com legendas em português, Geoff Lawton mostra e explica a sua horta caseira, com a aplicação dos mesmos princípios da floresta alimentar (food forest) da permacultura.


Geoff Lawton - A Horta Caseira (The Kitchen... por ecotransition

No segundo vídeo, Geoff Lawton, numa entrevista preparada para este Dia Internacional da Permacultura, começa por responder à pergunta "Porquê Permacultura?":

"Permacultura, para mim, é a única resposta que o mundo precisa, é a única metodologia que funcionará reconstruindo os recursos mundiais de modo a que eles sejam permanentemente reconstituídos. Os recursos são finitos, precisamos de os reconstituir, e podemos fazê-lo milhares de vezes mais eficientemente, positivamente e quantitativamente do que alguma vez imaginámos, usando este sistema. Por isso, é algo em que vale mesmo a pena estar empenhado, e é isso que eu faço.

sábado, 5 de maio de 2012

"THRIVE" - PROSPERAR: O que será necessário?

O documentário "PROSPERAR: O que será necessário?" (THRIVE) é uma história do nosso mundo no presente, com incursões ao passado, contada por Foster Gamble e sua mulher Kimberly. Entrevistando especialistas de diversas áreas, Foster segue a corrente do dinheiro para montante para entender porque tanta gente está cada vez mais pobre enquanto poucos enriquecem cada vez mais, chegando à pirâmide do dinheiro.

Tal como no final do filme passa a mensagem: "Ser incluído em THRIVE não implica que os entrevistados concordem com as conclusões apresentadas no filme, nem significa que nós concordemos com todas as suas perspectivas. Todos contribuíram de forma muito importante para o nosso entendimento e estamos gratos a todos eles. Foster e Kimberly Gamble", também o facto de aqui publicar o filme não implica que partilhe de todas as opiniões ou conclusões emitidas, mas sem dúvida que contribuíram para a clarificação de ideias.

Pode não acreditar em ovnis ou que venha a existir uma fonte de energia que resolva todos os problemas da humanidade; mas no que respeita às tramas de domínio global por parte da elite, preste atenção, preste muita atenção, e tires as suas próprias conclusões.



A seguir, alguns extratos da legendagem do filme (fonte: http://youtu.be/12jQbkF4OCY):

Vandana Shiva (aos 45 minutos, aproximadamente):

"As grandes corporações que trouxeram produtos químicos para a Agricultura Industrial Química falavam sobre 3 instrumentos que consolidariam a cadeia alimentar:

O primeiro era a Engenharia Genética como medida de controle.

O segundo era patentear sementes, patentear a vida como medida de controle, declarando sementes como sendo propriedade privada, tratando a guarda de sementes pelos fazendeiros como um crime, um roubo de propriedade intelectual.

E o terceiro foi chamado "Tratados de Livre Comércio" que tira a liberdade das pessoas comuns, fazendeiros e agricultores de guardar sementes.

O projeto da tecnologia de extermínio de criar sementes estéreis para impor ainda mais a dependência da humanidade a um punhado de corporações é a etapa final disso.

Nós estamos, através do que estamos fazendo com as sementes, literalmente, pela primeira vez, criando uma nova colonização, que eu chamo de colonização do futuro."

Foster Gamble (aos 52 minutos, aproximadamente):

"Tão difícil quanto foi pra mim, cheguei a uma conclusão inevitável e profundamente perturbadora: Eu acredito que um grupo de elite e as corporações que ele dirige tomaram o controle não apenas da nossa energia, fonte de alimentos, educação e medicina, mas de praticamente todos os aspectos de nossas vidas. E eles fazem isso através do controle do mundo financeiro: não criando mais valores, mas realmente controlando a fonte do dinheiro. Quando eu segui o dinheiro, ele me levou aos níveis de uma pirâmide.

Estamos aqui, no nível inferior, apenas vivendo nossas vidas cotidianas. 

Acima de nós está o governo. Pessoas que receberam o monopólio da força que utiliza para nos controlar e exigir o pagamento de impostos, concordemos ou não. Mas quem os controla?

No próximo nível estão as corporações. Muitos diriam que agora são as corporações que governam o mundo e não os Governos, chamam isso de "corporocracia". Para adquirir os recursos do mundo e controlar os mercados, esta "corporocracia" deve possuir acesso a dinheiro fácil. As grandes corporações obtém seus empréstimos nos grandes bancos com tarifas baixas.


O que significa que aqueles que controlam os grandes bancos, e elite financeira, em última análise, controlam as corporações.

Quando eu segui o dinheiro, descobri que tudo o que eu sempre soube a respeito de dinheiro simplesmente não era verdade."

Foster Gamble (aos 97 minutos, aproximadamente):

"Será que estou errado? Talvez... Mas e se eu não estiver? Estamos numa bifurcação crítica no caminho da evolução humana. Um caminho leva à tirania, e provavelmente à autodestruição. O outro nos levaria a uma civilização pacífica e saudável, baseada em honrar os direitos e a liberdade de cada pessoa deste planeta. Partir nessa nova direção, depende de mim e de você. Chegou a hora de dizer: Basta! Existe outro caminho! Eu acredito que, juntos, nós temos o conhecimento, os recursos e as soluções para passar por este desafio.

Eu vejo todo esse processo como nada menos do que uma luta pela alma humana. Começa com uma mudança na forma de enxergar o mundo, fazendo-nos perguntas como: Quem somos nós, de verdade? O que é a natureza humana? Nós somos o que a elite acha que somos? Criaturas estúpidas e gananciosas, que, se forem deixadas soltas, criam a violência e o caos, e que, para o nosso próprio bem, devemos ser controlados por uma autoproclamada elite? Ou somos naturalmente cuidadosos e criativos? Eu acredito que quando o povo está saudável e tem o que precisa para sobreviver, pode criar um mundo baseado na integridade, liberdade e compaixão. Um mundo onde todos podem prosperar!

Qual dessas duas visões irá moldar o nosso futuro? Essa é a nossa decisão. AGORA!

A agenda de controle da elite global é o produto de uma visão destrutiva do mundo, baseada na crença de que não há o suficiente para todos; que algumas pessoas merecem mais do que as outras; e que a sua segurança depende do controle que mantêm sobre o resto de nós. Em poucas palavras, sua visão de mundo está baseada em escassez e medo. Mas apesar de seu poder, os arquitetos dessa Nova Ordem Mundial não podem criar essa visão terrível sem o nosso apoio. Para detê-los, para tornar a sua agenda obsoleta, nós temos que acordar! Devemos tomar uma atitude."

"PROSPERAR: O que será necessário?" (THRIVE) está disponível on-line no respectivo site, e desde 13 de Abril 2012 com legendas em português.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

2012 - Uma Mensagem de Esperança (2)

A ciência recente já revelou o que civilizações antigas já sabiam: a matéria é uma forma de energia. Então nós somos energia, e a nossa consciência permite-nos escolher a carga com que a queremos: negativa ou positiva.

Nas vésperas de 2012 publiquei aqui o vídeo "2012 - Uma Mensagem de Esperança", agora publico um segundo vídeo com a mesma origem e tema. Acreditando ou não nas premissas em que se baseiam, são vídeos inspiradores que nos trazem uma mensagem de amor, paz e esperança, que nos carregam a energia positiva.

Tudo está interligado e parece óbvio que não é possível contribuir para uma mudança no mundo sem nos mudarmos primeiro a nós próprios. É tempo de mudança e a mudança começa em nós; então comecemos ou continuemos a mudar de forma positiva.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Monsanto, abelhas, transgénicos, venenos e hipocrisia

Monsanto, a empresa gigante de biotecnologia, que tem sido acusada de contribuir para a redução da população de abelhas, comprou uma das principais organizações de pesquisa do desaparecimento das abelhas (colony collapse disorder - CCD), a Beelogics, em Setembro de 2011.

Recentemente, o milho geneticamente modificado da Monsanto (MON810) foi banido da Polónia pelo facto de o seu pólen causar efeitos devastadores na população de abelhas.
Em França o milho da Monsanto foi proibido a partir de 2012. 
Na Hungria, as sementes geneticamente modificadas são agora proibidas pela nova constituição.
Para além da França e da Hungria, o milho transgénico MON810 é já proibido em mais 7 países europeus (Alemanha, Áustria, Grécia, Luxemburgo, Bulgária, Itália e Polónia)
Na Alemanha, na Roménia e na Suécia, o cultivo de transgénicos tem diminuído significativamente. 
Portugal  e Espanha, são os únicos países da Europa onde tem aumentado o cultivo de milho transgénico.

"É evidente que a Monsanto está sob fogo sério devido ao seu papel no desaparecimento desses insetos vitais. É, portanto, bastante claro por que a Monsanto comprou uma das maiores empresas de pesquisa de abelhas do planeta."  (Natural Socitey)

Nada que me admire, sabendo como funciona a Monsanto, a criadora do agente-laranja e do herbicida roundup, a detentora de 90% do mercado de sementes transgénicas, a causadora de destruição ambiental, de poluição e envenenamento, de propaganda enganosa, mentiras e hipocrisia, de ruína de agricultores americanos, de suicídio de agricultores indianos. A empresa é tão conceituada que até já tem direito a página no facebook "Millions against Monsanto". Acabo deixando um documentário elucidativo de 2008: "O Mundo segundo a Monsanto", e voltando a fazer a pergunta retórica: A falta de ética compensará até quando? 
Fontes e mais informação em:

terça-feira, 1 de maio de 2012

E.F. Schumacher: "Small is beautiful"

Ernst Friedrich Schumacher (16/08/1911 - 04/09/1977) foi um economista e pensador inspirado em Gandhi, e conhecido pela sua crítica às economias ocidentais e pelas propostas de tecnologias em escala humana, descentralizadas e apropriadas. É o autor do livro "Small Is Beautiful: a study of economics as if people mattered" (1973), que segundo o "The Times Literary Supplement" é um dos 100 livros mais influentes publicados desde a Segunda Guerra Mundial.  Nasceu na Alemanha, mas mudou-se para o Reino Unido antes da 2ª Guerra Mundial, pois recusava-se a viver sob o nazismo.

A sua biografia pode ser lida em português no site Quintus, de onde foi extraído o seguinte trecho:
"Schumacher alertou as pessoas para que fossem constantemente observadores e questionadoras sobre aquilo que as rodeava, sem olharam apenas para a Tecnologia e para a Economia. Alertou-nos para a necessidade de observar com a maior honestidade a fundação e escala e a civilidade das nossas vidas, a nossa vitalidade, integridade, e riqueza espiritual."

No vídeo abaixo, gravado em Março de 1977, Schumacher responde a questões de uma plateia sobre escala na economia e na tecnologia (tecnologia intermédia ou tecnologia apropriada).

Um visionário da transição que agora não podemos deixar de fazer, talvez de modo mais drástico do que se ele tivesse sido realmente ouvido nos anos 70. É que não há outro caminho, a não ser o colapso.