sábado, 31 de Outubro de 2009

Pecado da carne

Não podia deixar deixar de mencionar aqui o excelente artigo de Patrícia Fonseca na revista Visão n.º 869, da passada quinta-feira, intitulado "Os pecados da carne", cujo lead transcrevo a seguir:

"Mais de 75% das doenças surgidas na última década estão comprovadamente relacionadas com os animais que comemos. Entre as crises mediáticas, como a das «vacas loucas» ou a da «gripe suína», há um dia-a-dia de perigos silenciados - em nome da satisfação dos consumidores, que comem cada vez mais carne, mas também do lucro de produtores e distribuidores. As autoridades de vigilância são as primeiras a admitir que a detecção de ingredientes proibidos é «complexa» - num reconhecimento implícito de que a saúde dos consumidores continua em risco."

O artigo é extenso e incide sobretudo nos efeitos perniciosos para a saúde do consumo excessivo de carne aliado à sua produção intensiva, mas aborda também os efeitos ambientais da pecuária de "produção maciça" e questões relacionadas com o bem estar dos animais.

Pelo meio, são feitas 5 perguntas-resposta, que vou citar, começadas por "Sabia que" :
  • "a criação de gado é responsável, a nível mundial, por 18% das emissões de gases com efeito de estufa, mais do que todos os carros, aviões, barcos e comboios do planeta juntos?"
  • "as rações das galinhas de bateria contêm pouco milho, devido ao seu elevado preço, e por isso levam um corante especial para que a gema seja amarela?"
  • "os frangos de aviário foram seleccionados geneticamente para crescerem em metade do tempo que os seus «primos» do campo?"
  • "61% dos agentes patogénicos (vírus, bactérias, parasitas) que afectam os humanos têm origem nos animais que comemos?"
  • "os portugueses comem, em média, 300 gramas de carne por dia - cinco vezes mais do que seria desejável?"
Nós, portugueses, e a maior parte do mundo ocidental, comemos carne demais. A quantidade de carne (ou equivalente) que precisamos varia com a idade e o sexo. De acordo com o "Unite States Department of Agriculture", em média, um adulto precisa de cerca de 5 a 6 onças de "carne equivalente", onde se inclui a carne, o peixe, os ovos, o feijão, ervilhas, nozes e sementes.
Sabendo que uma onça (1 oz) corresponde a 28,3 g (portanto, 5-6 oz são cerca de 140-170 gramas), veja a tabela de equivalências e faça as contas.

Relembro também que para a produção de 1 kg de carne de vaca são necessários 15500 litros de água (ver mais no post sobre pegada de água e água virtual).

Para reflexão, cito também algumas das frases da parte final do artigo mencionado:

"Será o mercado, sempre o mercado, a comandar o jogo. Mas é a cada um de nós , enquanto consumidores, que ele responde. As nossas compras são como um voto. (...) Faça as contas e pese os custos reais: para o ambiente, para a sustentabilidade económica e para a sua saúde. Depois, tal como nas urnas, a escolha é sua. Que seja consciente."

Leia o artigo completo na revista Visão e perceba o que está em jogo. Recomendo vivamente.

quinta-feira, 29 de Outubro de 2009

Marcha pela Paz em Famalicão a 31 de Outubro

No próximo sábado, dia 31 de Outubro, Vila Nova de Famalicão vai marchar pela paz. Organizada pela associação Grucamo, em colaboração com a Mundo Sem Guerras, com a participação de outras associações e o apoio do Município de Vila Nova de Famalicão, da Fundação Cupertino de Miranda e das Associações de Voluntários dos Bombeiros Voluntários Famalicenses e de Famalicão, a Marcha Mundial pela Paz e Não Violência engloba várias iniciativas:
Um percurso motard por várias freguesias do concelho (9h00), um passeio de cicloturismo pelo perímetro urbano da cidade (9h30), a marcha propriamente dita que se inicia na Praça D. Maria II, às 10 horas, outras animações de rua durante a tarde e sarau cultural à noite, na Fundação Cupertino de Miranda.

Pode ver o programa completo na página da Marcha Mundial ou aqui.

No dia 4 de Novembro, quarta-feira, haverá também uma caminhada pela paz em que os protagonistas são as crianças do 1º ciclo, que se inicia às 9 horas em Seide S. Miguel, junto à Casa de Camilo, e que termina na Igreja românica de S. Tiago de Antas.

Os objectivos desta marcha podem ser lidos neste "post" anterior aqui no blogue, ou no site próprio da Marcha.

Por um mundo sem guerras e sem violência, se é famalicense ou se pretende estar cá por Famalicão no sábado, participe nesta marcha.

E muitos parabéns à Grucamo (Grupo de Caminheiros de Montanha) pela iniciativa.

quarta-feira, 28 de Outubro de 2009

Banco Alimentar precisa de voluntários

«Os Bancos Alimentares são Instituições Particulares de Solidariedade Social que lutam contra o desperdício de produtos alimentares encaminhando-os para distribuição gratuita às pessoas carenciadas.

Os Bancos Alimentares Contra a Fome são...
Uma resposta necessária mas provisória porque "toda a pessoa tem direito a um nível de vida suficiente que lhe assegure e à sua família a saúde e o bem-estar, principalmente quanto à alimentação, ao vestuário, ao alojamento, à assistência médica e ainda aos serviços sociais necessários" (Excerto do artigo 25º da Declaração Universal dos Direitos do Homem) »


PRÓXIMA CAMPANHA DE RECOLHA DE ALIMENTOS

A próxima Campanha de Recolha de Alimentos em supermercados e superfícies comerciais realiza-se nos dias 28 e 29 de Novembro de 2009.

Se quiser ser Voluntário inscreva-se em
» Como Ajudar⁄Particulares
» Por telefone, para o Banco Alimentar da sua região

(No distrito de Braga, em que serão precisos cerca de 2 mil voluntários, podem inscrever-se por email para voluntariosbancoalimentar.braga@gmail.com)

Em simultâneo, mas prolongando-se até 6 de Dezembro de 2009, terá lugar a Campanha "Ajuda Vale", que permite a recolha de alimentos sob a forma de vales que representam seis produtos básicos à alimentação. Esta modalidade de campanha, em que cada pessoa continua a decidir o que quer doar, permite uma simplificação dos procedimentos logísticos.

PARTICIPE NA CAMPANHA: ALIMENTE ESTA IDEIA !

Fonte: Banco Alimentar

segunda-feira, 26 de Outubro de 2009

O Fundo da Linha

É muito importante que vejam este filme que a Greenpeace pede para divulgar, sobre a destruição que a pesca de arrasto está a provocar nos ecossistemas de profundidade.



"A Greenpeace está a divulgar o vídeo O Fundo da Linha para alertar para a destruição causada pela pesca de profundidade em águas internacionais. Este vídeo conta com o apoio de Sigourney Weaver e insta os governos de todo o mundo a adoptar medidas concretas e urgentes para defender a vida marinha que se esconde nas profundezas dos oceanos.
Em Novembro deste ano a Assembleia Geral das Nações Unidas vai voltar a abordar este tema e vai decidir os próximos passos relativamente à implementação da resolução 61/105. Esta resolução pede a tomada de medidas imediatas que administrem os stocks de peixe de maneira sustentável e que protejam os ecossistemas marinhos vulneráveis de práticas de pesca destrutivas.
Desde o dia 16 de Outubro, que a Greenpeace está na estrada para sensibilizar consumidores para as ameaças que os ecossistemas vulneráveis em alto mar enfrentam e pressionar os retalhistas a tomar a liderança e parar de comercializar espécies de peixe de profundidade. Estas grandes empresas têm o dever de garantir aos seus consumidores a sustentabilidade de todo o peixe que vendem e de não encorajar a destruição dos últimos refúgios de vida marinha do planeta."
Fonte: Greenpeace

sábado, 24 de Outubro de 2009

A Máfia Lusitana

De Rui Araújo, no passado dia 16 de Outubro (em IOL Diário, e na reportagem TVI):

"Todos os dias são depositadas ilegalmente pelo país centenas de toneladas de resíduos tóxicos e de lamas de depuração em aterros clandestinos. A TVI descobriu sete aterros de norte a sul de Portugal, mas haverá muitos mais.

Os infractores poluem os solos, as águas e prejudicam a saúde das pessoas. Encontrámos compostos que provocam cianose, mutações genéticas, alteração do sistema reprodutor dos seres vivos, malformações graves, cancro e morte. "

Veja a reportagem completa da TVI aqui. A seguir ficam os seus primeiros 8 minutos.



"A Quercus considera escandalosa a incapacidade de actuação das entidades fiscalizadoras, nomeadamente da GNR e dos serviços do Ministério do Ambiente (IGAOT), dado terem permitido o transporte e a deposição ilegais de resíduos industriais, durante demasiado tempo, esperando que agora actuem em conformidade com a gravidade da situação" (fonte: TVI24.IOL)

Em risco, ficam o ambiente e a saúde. As coimas pelas infracções ambientais, essas, foram reduzidas!

sexta-feira, 23 de Outubro de 2009

24 de Outubro - Dia 350

Amanhã, dia 24 de Outubro, é o dia da acção climática 350. Dia de sair à rua e participar numa acção. Encontram-se aqui as acções registadas para Portugal.

Destaco as acções em Gaia - Ponte para um clima seguro (tabuleiro superior da Ponte D. Luis I às 15 horas), em Lisboa (às 15 horas no Padrão dos Descobrimentos), a acção Valença-Tui, com Portugal e Espanha unidos na Ponte Eiffel (às 10 horas), o passeio de bicicleta no Porto (às 14 horas junto à casa da Música), e na Amareleja, passeio de bicicleta (início às 15 horas na Escola da Amareleja), com a colaboração da Estação Biológica do Garducho. Destaquei estas acções, que foram aquelas para as quais encontrei mais informação e site próprio.

Mais informações em Quercus, Condomínio da Terra, 350.org, Naturlink, CiênciaHoje, ou nestes "posts".

Abaixo, o vídeo com o discurso de Bill McKibben, mentor da iniciativa.

quinta-feira, 22 de Outubro de 2009

Greenpeace - petição aos supermercados - por uma pesca mais sustentável

Este é parte do texto do e-mail que recebemos de Osvaldo Gago da Greenpeace:

"A Greenpeace está a fazer uma petição aos supermercados portugueses a pedir que deixem de comercializar espécies capturadas em a grandes profundidades em alto mar. Estes ecossistemas estão ameaçados pela pesca de arrasto e por outras técnicas, e é urgente que os supermercados pressionem a indústria, deixando de vender espécies capturadas a grande profundidade. Podem obter alguns factos sobre o estado dos oceanos a grande profundidade no slideshow na primeira página do site da Greenpeace.
Com o vosso blogue podem ajudar a promover esta petição e a pressionar os grandes supermercados, responsáveis por 70% do peixe comercializado em Portugal. Embora tenha sido lançada há apenas alguns dias, a petição já tem várias centenas de assinaturas e continua a crescer a bom ritmo.
A alteração do comportamento dos supermercados já está a acontecer em vários outros países europeus e duas das cinco cadeias de supermercados portugueses efectuaram melhorias entre o primeiro e o segundo ranking (2008 e 2009, respectivamente).
"



Este filme refere-se ao ranking de 2008. Em 2009, o Lidl continua em 1º lugar, tendo já passado a sua classificação para 51%, mas o grupo Jerónimo Martins, como o Pingo Doce e Feira Nova , passou para último! (Ver aqui o ranking 2009).

Eu já assinei a petição e enviei às cadeias de supermercados. Ajude também a proteger a biodiversidade dos nossos oceanos. Por uma pesca mais sustentável, clique aqui, assine a petição e divulgue.

terça-feira, 20 de Outubro de 2009

Dois selos e um abraço

Estou encantada com a generosidade de alguns parceiros da blogosfera, que nos enchem de mimos e nos enviam prémios e selos, e que agradecemos do fundo do coração. Mais, ficamos honrados e sentimo-nos na obrigação que aqui aceitar publicamente essas gentilezas e carinhos, e de distribuir também esses selinhos por outros blogues que encaixem nas regras que normalmente vêm indexadas a estes prémios blogosféricos. Por vezes, deixo passar algum tempo, mas por norma não me esqueço. Assim, aqui ficam os nossos sinceros agradecimentos aos autores dos blogues que nos honraram com a escolha. E aos indicados para os selos, sintam-se livres de os redistribuir ou não.

Dos óptimos blogues que vale mesmo a pena visitar: do E ESSE TAL MEIO AMBIENTE?, do PENSAR ECO, É LÓGICO e do CIÊNCIAS AGORA, chegou o selo "esse Blog é VIP". Muito obrigada Diêgo Lobo, Érica Sena e Rosângela. As regras deste selo são: indicar o link do blogue que trouxe o selo, enviar o selo a quantos blogues quiser, e criar um frase com “just perfect(recomendado em inglês) e enviar a quem indicar o selo.

Aqui está a frase: "Your blog is just perfect to learn something every day", que dedico aos seguintes blogues por onde gosto de passear sempre que posso :

Recém chegado do blogue CONSCIÊNCIA EFERVESCENTE, o selo "Não faço parte do problema. Faço parte da solução!", é um selo originário do blogue CicliCCa, também dedicado ao ambiente, e destina-se "àqueles que estão empenhados em fazer parte da solução comigo".
Por isso, um agradecimento especial ao Robson Fernando por me incluir na lista dos que estão empenhados em fazer parte da solução e não do problema.
Agora tenho de dizer o que tenho feito para preservar o meio ambiente, mas, para não me repetir, remeto para o "post" que escrevi no passado dia 5 de Junho, Dia Mundial do Ambiente: O que fazemos pelo ambiente? E chegou a vez de indicar 7 blogues que eu considere fazerem parte da solução. A minha escolha recai em blogues dedicados à preservação do meio ambiente e à luta por uma sociedade mais sustentável, tal como a origem do selo preconiza, sem ligar ao facto de já terem recebido ou não o selo, e são estes:


À Teresa Santos agradeço o "Abraço" que nos enviou do seu interessante blogue BLOCRONICASDATERESA, que recomendo vivamente pelas belas mensagens de solidariedade que aí se encontram. O desenho do abraço, que é o negativo do que aqui está, é do Gato do Castelo.
Teresa, obrigada, um grande abraço para si e para todos os autores dos blogues atrás indicados.

segunda-feira, 19 de Outubro de 2009

Em Moscovo não querem neve no Inverno!?

Yury Luzkhov, o presidente da Câmara de Moscovo, a capital da Rússia, declarou guerra à Natureza titulava a notícia. Vendo-se aquilo assim a frio, poder-se-ia pensar que ele ia mandar derrubar árvores, arrancar flores, erradicar jardins, fuzilar pássaros …
Mas não. Afinal, o governante só quer minimizar os efeitos da neve no duro Inverno russo alterando a composição das nuvens.Como, perguntarão vocês? Vai pagar à Força Aérea russa para espalhar gelo seco e partículas de cimento nas nuvens, criando precipitação.Como o plano tem um custo estimado de quatro milhões de euros, parece que conseguirá poupar três milhões pois só para limpar neve em Moscovo gastam-se sete milhões de euros.
E a poluição sonora e atmosférica que os aviões da força aérea russa vão provocar, alguém contabilizou isso? E se o Inverno for rigoroso, será que os moscovitas não vão andar a nadar em água da chuva? E num inverno sem neve, mas chuva será que se vai beber a mesma quantidade de "vodka"? E assim sendo, quais as perdas económicas nesse sector? E sem neve, será que o turismo se vai manter? E quem estará disposto a andar a nadar em lama na Praça Vermelha em vez de lá ter neve? Esta mania de interferir com o curso da natureza ainda vai ser a morte do artista!

domingo, 18 de Outubro de 2009

O que faz com os seus cabos?

A Abraço lançou no passado dis 23 de Setembro a campanha de recolha de cabos "O que faz com os seus cabos?". Participando nesta campanha, livra-se dos seus cabos inúteis, cuida do ambiente através da reciclagem, e ajuda na reconstrução da Casa Ser Criança, que será um Centro de Acolhimento e Apoio a crianças cujos pais são portadores de VIH/SIDA.

Junte os seus cabos eléctricos, de computador, de TV, de som, de telefone que não precisa, e entregue nos CTT (entrega directa ou levantar caixas gratuitas para envio posterior), nas grandes superfícies (Dolce Vita) ou nas instalações da Abraço.

sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

Dia Mundial da Alimentação

Em 16 de Outubro de 1945 foi fundada a FAO (Food and Agriculture Organization), a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação. Por isso, 16 de Outubro foi o dia escolhido como o Dia Mundial da Alimentação. Este ano, o tema é "Alcançar a segurança alimentar em época de crise".

"A nível mundial existem muitos recursos naturais e alimentares, mas as deficiências na produção e a falta de tecnologias nos países menos desenvolvidos levaram milhões de pessoas a um estado de subnutrição ou expostas à insegurança alimentar, como também aos problemas causados principalmente pela falta de acesso a uma boa alimentação. Este ano, a FAO estima que a fome atingirá um novo recorde histórico: 1,020 mil milhões de pessoas em todo o mundo, o que corresponde a uma em cada seis pessoas no planeta." ( Portal da Saúde)

Imagine que cada seis pessoas ajudavam uma a sair da miséria e da fome. A maioria de nós pode ajudar, uns pouco, outros mais. Não só aqueles que estão perto de nós, mas também aqueles que não tem ninguém por perto para ajudar.



Já há 20 anos que a FAO reconheu que "o problema não é tanto a falta de alimentos, mas a falta de vontade política". Leia o artigo "Fome é causada pela má distribuição e não pela falta de alimentos" no dw-world.de.

E enquanto não há suficiente vontade política para combater este flagelo da fome e da má distribuição de alimentos, cabe-nos a todos ajudar no que podermos. Não é preciso muito, 20 cêntimos chegam para "encher uma taça", 40 euros alimentam uma criança num ano escolar.

Neste Dia Mundial da Alimentação, faça um donativo para ajudar alguém a sobreviver à fome. Pode fazer on-line, no site do WFP - Programa Alimentar das Nações Unidas.

Pode ajudar também a alimentar alguém que tem fome jogando um jogo: o Free Rice. É um jogo didáctico - aprende-se enquanto se joga. São feitas perguntas sobre o tema que escolher, e por cada resposta que acertar está a doar 10 grãos de arroz a uma pessoa com fome. O tema inicial é vocabulário inglês, mas pode mudar para outras línguas, para artes, geografia, química, ou matemática. Se tem um bocadinho de tempo, experimente, é que não custa mesmo nada. É só clicar na imagem ao lado e começar a jogar.

E se tem um blogue, divulgue este jogo, coloque um banner, que pode ir buscar aqui.

quinta-feira, 15 de Outubro de 2009

Alterações Climáticas - chegou a hora de agirmos

Hoje é o dia em que milhares de blogues de todo o mundo se vão dedicar ao tema das Alterações Climáticas (Blog Action Day). Aqui pelo Sustentabilidade é Acção, este tema tem sido recorrente, já que tentar agir contra a poluição que tanto efeito tem nas alterações climáticas, é uma questão fundamental para a sustentabilidade deste nosso planeta.

No próximo mês de Dezembro, líderes de todo o mundo reunir-se-ão em Copenhaga na Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas, para decidirem as estratégias e objectivos a realizar nos próximos anos com vista a minorar as consequências e travar o aquecimento global. Minorar, sim, pois elas já se fazem sentir em várias partes do mundo, e é já impossível travá-las por completo.

E o que é que nós, simples cidadãos, podemos fazer para ajudar a debelar esta crise climática? Sozinhos, não podemos fazer muito, mas se cada um fizer a sua parte, todos juntos, seremos poderosos.

Podemos repensar as nossas atitudes, o nosso estilo de vida, reduzir a nossa pegada ecológica através de uma redução no consumo: consumindo menos energia, menos água, menos "coisas", optando sempre que possível por reutilizar e reciclar, escolhendo uma alimentação com menos carne, utilizando meios de locomoção menos poluentes, preferindo os transportes públicos aos particulares, partilhando. Escolhendo casas, carros e electrodomésticos energeticamente e ambientalmente mais eficientes. Instalando sistemas de energias renováveis, melhorando o isolamento e ventilação natural dos edifícios, não sobreaquecendo as nossas casas, evitando fugas e desperdícios de água. Podemos agir em casa, na rua, podemos reciclar e podemos intervir.

Para além destas e muitas outras acções, que traduzem uma mudança de atitude e uma mudança no estilo de vida, esta é a altura de nos manifestarmos publicamente como forma de pressionar os líderes mundiais a aprovarem um futuro tratado de Copenhaga justo, ambicioso e vinculativo.



A hora de mudar o nosso estilo de vida para um modo mais sustentável foi ontem é hoje e será amanhã. O mundo ocidental tem de mudar, tem de desacelerar o seu consumo, para que o planeta chegue para todos, para que os povos mais pobres possam ter direito a melhorar a sua qualidade de vida.

Quanto a tomarmos uma posição em relação à cimeira de Copenhaga, a hora é esta, o mês é este e o próximo. Não podemos perder esta oportunidade.
Ficam aqui algumas sugestões para juntar a sua voz por esta causa:

segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

Carro de corrida sustentável?

"É amigo da natureza, dá 220 Km/hora e é alimentado por biocombustível feito a partir de chocolate, gorduras animal e óleos vegetais. O carro de fórmula 3 foi desenvolvido pela Universidade de Warwick, nos Estados Unidos, e vai dos 0 aos 100 em 3 segundos. Toda a estrutura do carro é construída com fibras de carbono e resinas recicladas e o volante é feito a partir de cenouras." (Fonte: i-online, Science Daily)



O carrinho não deixa de ter emissões directas de CO2 para a atmosfera, mas pelo menos tem emissões indirectas inferiores. Sustentável a 100%, não é de certeza. Mas já seria muito bom que todos os carros de corrida (e não só) tivessem estes princípios de sustentabilidade.
Claro que mais sustentável seria não existirem carros de corrida, mas isso é outra conversa.

sábado, 10 de Outubro de 2009

Coisas do vizinho

Um dos aspectos fundamentais na procura de um planeta mais sustentável é, sem dúvida, a redução do consumo. A sociedade de consumo, este modo de vida capitalista do "compra-usa-deita-fora-que-já-há-nova-moda" vai destruindo a nossa casa comum, o nosso lindo planeta, através do excessivo consumo de recursos e da excessiva produção de lixo.

Sei que é difícil contrariar esta tendência, especialmente para quem cresceu habituado a este sistema e o acha a coisa mais natural do mundo - ou seja, grande parte da população com menos de 40-50 anos, sobretudo de meios mais urbanos.
Mas nem sempre foi assim. E em certos meios rurais também não é assim.

Há alternativa, por muito que as pessoas confortáveis na sua sociedade de consumo não queiram ver: comprar apenas o que precisa; usar enquanto tiver uso; deixar de ser escravo de modas; dar ou remeter novamente para o mercado o que não lhe tem utilidade mas está em bom estado.



Baseado no conceito sustentável da reutilização de bens de consumo, João Leitão e Vanessa Sayers criaram a loja "Coisas do Vizinho". Uma loja onde são comercializados objectos em segunda mão. Onde qualquer pessoa pode ser cliente, ou fornecedor.

A loja situa-se em Pombal. Mas a ideia de João Leitão é criar uma rede de lojas pelo país, e , para o efeito, procura gente empreendedora e preocupada com o ambiente. Saiba mais na rede ning Coisas do Vizinho.

sexta-feira, 9 de Outubro de 2009

Algumas Notícias - Save Miguel, Parque de Renováveis e Nobel da Paz

"Campanha publicitária sobre a cortiça “Save Miguel” premiada a nível internacional" (Naturlink)
Eu também acho que o filme da campanha está bem conseguido. Vamos ver se faz com que a cortiça seja mesmo promovida internacionalmente.

"Primeiro parque temático de energias renováveis do país abre em Loures" (Ecosfera-Público)
Com um investimento de cerca de 1,5 milhões de euros, esperemos que seja bem aproveitado para a divulgação de tecnologias de energias renováveis.

"Barack Obama ganha Prémio Nobel da Paz" (Correio da Manhã)
Espero que o prémio lhe traga responsabilidades acrescidas em relação à paz no mundo, e que venha mais tarde a comprovar que o merece. Para já, acho que ainda não o fez.

quarta-feira, 7 de Outubro de 2009

Há muitas pessoas boas no mundo, muitas!

Enquanto vamos denunciando aquilo que está mal, esquecemo-nos, por vezes, que na sua maioria o ser humano é bom e tenta, por todos os meios e mais alguns, construir uma sociedade justa e equilibrada. É o caso de muitos anónimos que trabalham e investigam por forma a dar uma saída aos problemas,com que a Humanidade e o Planeta se debatem. As energias renováveis e verdes, são objecto, neste momento de um trabalho afadigado de homens e mulheres dedicados que diariamente encontram obstáculos imensos e desafios monumentais. É o caso de um grupo de investigadores e engenheiros, liderados pelo investigador Stanford Narrows, na Irlanda, onde terminaram um projecto de 5 anos de trabalho desgastante.
Uma turbina colossal, com hélices submarinas, capaz de captar e armazenar uma energia poderosa e limpa, a energia das correntes marítimas. Um dos maiores desafios foi colocar este imenso complexo de 1000 toneladas debaixo das correntes mais agressivas do mar da Irlanda. O trabalho terminou e a turbina está já em funcionamento, faz neste momento a 1ª fase de testes e de estudos, com imensas equipas de biólogos para garantir que a fauna marítima não seja prejudicada de forma alguma. Ver mais aqui.
Entretanto, acabaram na Escócia trabalhos hercúleos para pôr em prática uma máquina,capaz de captar uma das energias mais poderosas do planeta, a energia das ondas e das marés!
Qual o 1º cliente visado para colocar este complexo mecanismo em execução? PORTUGAL! Sim, isso mesmo! Depois de vários anos de investigação de cientistas e trabalho árduo de engenheiros, esta serpente gigante, a PELAMIS, está, aliás, estão, pois são três, em funcionamento e estudos na nossa costa. Pode ver imagens aqui desse mecanismo revolucionário, inócuo e de grande capacidade de armazenamento de energia eléctrica. Depois de ver a reportagem, fiquei minimamente ao corrente dos esforços gigantescos por parte de todos para pôr o "Bicho" a funcionar! Obra Hercúlea, por parte dos escoceses.
Mas de uma coisa podemos ter a certeza, uma vez mais, PIONEIROS na exploração dos Oceanos! Ainda em testes, pois devido ao desgaste das ondas e salinidade, o material tem de ser altamente resistente e adequado, não tem impacto algum na fauna marinha.
Geralmente fada de mau agouro, venho aqui mostrar que algo de bom a Humanidade vai continuando a fazer.
É preciso divulgar, o que o homem quer fazer de bom, e INSISTENTEMENTE, para que os lobbies predadores e que geralmente gostam de boicotar este tipo de invenções, deixem correr os processos até ao final sem os eliminar, como aconteceu com o 1º inventor das turbinas submarinas. Dean Corren, dos EUA, que viu os financiamentos cortados em 1985 depois de terminados os estudos e protótipo. Voltaram ao activo, em River Side, Nova Iorrque e foi já colocado um conjunto destas turbinas em tamanho pequeno, nada como a Seagen. Claro que já poderiam estar a funcionar há muitos anos, mas os lobbies adoram empatar, e enquanto empatam, ganham. Bem sei que daqui poderão vir a sair lucros para eles próprios, enquanto financiadores, aí o Estado tem um papel a fazer!... Exijamos que o faça! mas enquanto não são poluentes, já é um grande passo para a Humanidade, o Futuro das Espécies e do Planeta. O MAR sempre foi a Esperança dos portugueses e voltará a sê-lo, em todo o seu domínio. Um dia acabará por acontecer!... Temos de acreditar, defender e apoiar estes projectos. Claro que os dividendos, irão demorar como em todos os grandes investimentos, mas acabarão por compensar.

terça-feira, 6 de Outubro de 2009

Aung San Suu Kyi - uma heroína do nosso tempo

Já que ontem escolhi uma imagem de Aung San Suu Kyi para representar as mulheres que ajudam à paz, hoje, e em complemento ao tema "mulheres pela paz", vou deixar aqui um pequeno extracto do filme Rangoon (Beyond Rangoon), de John Boorman, 1995, numa cena em que é representada esta "lutadora" pela paz, naquilo que tem sido a sua vida quando não está na cadeia. Se vir o filme todo, fica a perceber o que se tem passado em Myanmar (Birmânia) nos últimos 20 anos.



O filme a seguir é um pedido de apoio a Aung San Suu Kyi, na voz de Michael Stipe (REM) , que continua detida apesar de todos os apelos internacionais, e apesar de terem sido libertados mais de cem prisioneiros políticos em Myanmar.

segunda-feira, 5 de Outubro de 2009

ONU - É preciso mais mulheres em negociações de paz

Hoje limito-me a transcrever abaixo a primeira parte da notícia de hoje na Rádio ONU, onde podem ouvir e ler o resto. Não comento, pois posso não ser isenta, mas fico a pensar.

"O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, disse que o tema é uma das principais prioridades da organização; ele disse que existem crescentes provas de que a presença de mulheres melhora a qualidade dos acordos alcançados e a sua implementação.
O Conselho de Segurança da ONU fez esta segunda-feria um pedido unânime a todos os países e organizações internacionais para aumentarem a participação de mulheres em todas as fases da resolução de conflitos e construção da paz.
Os 15 membros do órgão expressaram também profunda preocupação sobre o número reduzido de mulheres em processos de paz, particularmente na área de mediação de conflitos."

(Fonte: Radio ONU , Foto: Aung San Suu Kyi em ABC News)

sábado, 3 de Outubro de 2009

Blog Action Day - 15 de Outubro, pelo Clima

O Blog Action Day é um evento anual que une os bloggers do mundo na abordagem de um mesmo assunto no mesmo dia com o objectivo de difundir a discussão em volta de uma questão da importância global. Um dia. Um tema. Milhares de vozes.

O Blog Action Day 2009 tem como tema as Alterações Climáticas.

As alterações climáticas afectam-nos a todos, ameaçam mais do que o ambiente: ameaçam mais fome, mais inundações, mais guerra, e milhões de refugiados.

Considerando a urgência deste assunto e as negociações internacionais sobre o clima que se esperam em Dezembro próximo em Copenhaga, a blogosfera tem a oportunidade única de mobilizar milhões de pessoas exprimindo as suas expectativas na obtenção de uma solução sustentável para a crise climática.



(Fonte: BlogActionDay)

Este blogue aderiu ao Blog Action Day, e dia 15 cá estaremos a falar sobre alterações climáticas.

Colegas da blogosfera, este assunto é importante e urgente, adiram ao Blog Action Day e juntem as vossas vozes por um tratado de Copenhaga JUSTO, AMBICIOSO e VINCULATIVO. Seja o vosso blogue dedicado ao que for. O apelo é para todos.


Campanhas sobre Alterações Climáticas - "Climate Justice"

Não se esqueçam dos eventos 350 para 24 de Outubro, faltam apenas 3 semanas. Abaixo está o vídeo da campanha Tck Tck Tck, um remix da canção "Beds are Burning" da banda Midnight Oil, reescrito pela própria banda e em que participam mais de 60 artistas.

Precisamos de agir. Chegou a hora de tomarmos uma posição.

sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

Dia Internacional da Não Violência

Hoje é o Dia Internacional da Não Violência. Decidido por uma resolução das Nações Unidas de 15 de Junho de 2007, é o dia em que se comemora o nascimento de Gandhi.
Também hoje começa na Nova Zelândia a Marcha pela Paz e pela Não-violência. Se não aderiu, adira agora a esta marcha neste site.
Várias personalidades e instituições a nível mundial têm aderido a esta marcha, destaco Dalai Lama. Em Portugal, Mário Soares, José Saramago, Fernando Nobre, Jorge Palma e Alexandre Quintanilha são alguns dos que já deram a cara por esta iniciativa. Já falámos aqui no blogue mais extensamente sobre a marcha, mas volto a referir os objectivos:
  • o desarmamento nuclear em nível mundial;
  • a retirada imediata das tropas invasoras dos territórios ocupados;
  • a redução progressiva e proporcional do armamento convencional;
  • a assinatura de tratados de não agressão entre países; e
  • a renúncia dos governos a utilizar as guerras como meio para resolver conflitos.
O filme inserido (O Sim e o Não), do Movimento Humanista, pode ser visto aqui legendado em português.



Hoje, ocorrem eventos na Ler Devagar - Lx Factory - Alcântara, e no Porto, na Associação Cultural A Cadeira de Van Gogh, pelas 21 horas, para comemorar o Dia Internacional da Não Violência. Consulte o programa.