quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Abrigo de cortiça finalista em concurso internacional

O arquitecto português David Mares está entre os 10 finalistas num concurso internacional promovido pela Fundação Guggenheim e pela Google Sketchup. O desafio foi desenhar um modelo 3D de um abrigo utilizando as ferramentas Google SketchUp e Google Earth. O concurso teve perto de 600 concorrentes de 68 países.

O projecto, designado CBS (Cork Block Shelter), previsto para se localizar em Vale de Barris (Palmela, Setúbal), usa a cortiça como principal material de construção, providenciando simultâneamente isolamento térmico e acústico. Um material sustentável e genuinamente português. Uma boa promoção para a nossa cortiça.



As propostas a concurso e as finalistas podem ser vistas nesta página. O concurso tem dois prémios, um prémio de júri, e um prémio popular. Os prémios serão anunciados a 21 de Outubro, data da celebração do 50º aniversário do Museu Guggenheim de Nova Iorque.

O voto popular decorre até 10 de Outubro, e pode votar aqui.

(Fontes: Café Portugal, Guggenheim.org)

19 comentários:

  1. Boa ideia; será que seria possível (em termos estruturais) edificar uma casa em cortiça?

    ResponderEliminar
  2. Oh moininha! tinha acabado de ter autorização, da Querida Helena Sacadura Cabral, para divulgar a iniciativa e já aqui está?!
    O raio da moça não brinca em serviço! Obrigada :))
    Poupas-te aquilo que para mim seria uma trabalheira! Formiguinha... :))

    ResponderEliminar
  3. Ai foi o Twitter?...
    Não me dou bem com a coisa... :))
    Muito complicado! :))

    ResponderEliminar
  4. Ferreira-Pinto
    Claro que a cortiça não tem resistência para suportar uma casa.
    No filme vê-se que há uma estrutura metálica por dentro da cortiça das paredes do pequeno abrigo.
    Um abraço.

    Fada
    Vou acompanhando as notícias relacionadas com questões ambientais sobretudo no Twitter.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  5. Amigas,
    Já votei e acho a ideia uma maravilha.
    Comprava um abrigo daqueles se pudesse, os meus gatos iam adorar, e até eu quando me lembro das minhas pinturas.

    Passei para o Facebook.

    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Comentei o post anterior mas por algum motivo não ficou gravado...ups. Bem, este projecto é inteligente e sustentável. Portugal é uma "força" na produção de cortiça a nível mundial (importante não só a nível de isolamento, mas também para revestimento de solos, indústria do calçado e automóvel). Ambiente e economia de mãos dadas: um caso raro!

    ResponderEliminar
  7. Esta é uma ideia muito boa.
    Portugal deveria apostar naquilo que tem de competitivo e sustentável.

    Hajam mais iniciativas e ideias semelhantes!
    Abraço,
    Ana Portugal

    ResponderEliminar
  8. Olá,
    Tive o prazer de votar neste projecto que considero fabuloso pelos materiais usados, pela simplicidade do mesmo e até pela sua beleza e forma de se integrar no meio ambiente. FORMIDÁVEL!!!!
    Ainda bem que está a ser divulgado na blogoesfera!!!!

    ResponderEliminar
  9. Aqui está um projecto duplamente meritório: promove a sustentabilidade e uma nova aplicação para uma produção eminentemente nacional.

    ResponderEliminar
  10. Fernanda
    Aposto que sei em quem votou. E os seus gatos, será que podem votar?
    Um beijo

    Jeune Dame
    Acho que o projecto ser finalista, já é uma promoção para a nossa cortiça. Se ganhar o prémio popular, então melhor.

    André Miguel
    Obrigada pelo voto... e pela visita. Bem-vindo.

    Ana
    É como diz, Portugal tem de apostar naquilo que é bom, e não imitar os outros. E este projecto conseguiu-o.
    um abraço.

    Luís
    Bem-vindo também a este blogue. É de facto uma boa ideia, e esperemos que o projecte ganhe não só o voto popular, como também o prémio de júri. Volte sempre.

    Rui Herbon
    Plenamente de acordo. o David Mares acertou em cheio. Ganhe ou não ganhe, já está de parabéns.

    Obrigada a todos por participarem.

    ResponderEliminar
  11. Tive a oportunidade de visitar o site do David e gostei do que vi.
    Há talento por aqui...

    ResponderEliminar
  12. Finalmente uma boa notícia. Uma notícia que nos alimenta o ego, aquece a alma.
    Ainda somos bons em alguma coisa, louvado seja Deus!...

    ResponderEliminar
  13. Aqui estou, de novo.

    Uau! Já votei e vamos MUITO à frente: 32897 votitos, para já!

    Desculpem mas tinha que partilhar a minha alegria...

    ResponderEliminar
  14. Paulo Lobato
    De facto, nós portugueses temos de nos convencer que há talento por cá, e que não somos inferiores aos outros.

    Teresa Santos
    Também acho, boa notícia para Portugal, e que trará também projecção a este material tão português que é a cortiça.

    Obrigada, e claro que somos bons.

    ResponderEliminar
  15. Já votei e continuamos muito à frente em matéria de voto popular, salvo erro com mais do dobro de votos do que um projecto da Argentina.
    Não tenho dúvidas que estamos entre os melhores no que quer que nos proponhamos fazer, basta seguir os trabalhos dos nossos cientistas, as suas publicações e os prémios que recebem.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  16. Maria Josefa Paias
    Concordo, e quando votei também reparei que o voto popular desta proposta levava um bom avanço. Oxalá ganhe.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  17. Boa notícia, Paulo. Obrigada.
    Como sempre, atento aos nossos portugueses e ao nosso Portugal.

    Parabéns ao David Mares pelo prémio popular.

    ResponderEliminar

Obrigada por visitar o blogue "Sustentabilidade é Acção"!

Agradeço o seu comentário, mesmo que não venha a ter disponibilidade para responder. Comentários que considere de teor insultuoso ou que nada tenham a ver com o tema do post ou com os temas do blogue, não serão publicados ou serão apagados.