sexta-feira, 17 de julho de 2009

350 - por uma atmosfera mais limpa

É um facto que a atmosfera tem , desde a revolução industrial, aumentado a concentração de dióxido de carbono (CO2) de cerca de 280 ppm (partes por milhão) nessa altura até cerca de 380 ppm actualmente.

Bill Mckibben iniciou um movimento denominado "350" destinado a apelar a que este número seja a meta das Nações Unidas em Copenhaga, emDezembro próximo. Segundo ele, 350 ppm é a concentração que os principais cientistas dizem é o limiar seguro para dióxido de carbono na nossa atmosfera, para evitar sérias consequências devidas a alterações climáticas: "Precisamos de um acordo internacional para reduzir rapidamente as emissões de carbono, e 2009 pode ser a nossa melhor hipótese. As Nações Unidas estão a trabalhar num tratado global de clima, que deverá ficar completo em Dezembro de 2009 num plenário em Copenhaga, na Dinamarca. Mas os actuais planos para este tratado são demasiado brandos para nos restituir a segurança. Este tratado tem de dar um carbono um preço suficientemente elevado para que o deixemos de usar tanto. Também tem de garantir aos países pobres uma oportunidade justa para se desenvolverem."



Preparam-se já acções a nível mundial para que, no dia 24 de Outubro, se mostre aos líderes mundiais que nós, cidadãos, queremos uma atmosfera mais limpa e metas ambiciosas para o futuro tratado de Copenhaga. Consullte os links para ficar mais bem informado, e vá pensando em iniciativas para esse dia. Voltaremos ao tema mais tarde.

14 comentários:

  1. A bronca toda, é que as políticas são sempre brandas!... Jogos de conveniência... enfim, a depender dos decisores, já sabemos que estamos tramados.

    ResponderEliminar
  2. Olá Manuela,

    Vou levar para o meu Blogue o " Because the world need to know" e traduzirei o texto, posso??? acho que sim, é divulgação.
    Não só estou eu como seguidora como o meu filho, Pedro Ferreira.
    Infelizmente ele tem pouquíssimo tempo, mas aparecerá, porque toda a família está empenhada em ajudar a minimizar os problemas ambientais.

    Gostaria que tomasse conhecimento do outro Blogue, do qual sou apenas colaboradora, o Sempre Jovens, e ver a quantidade de vezes que eu abordo os temas da Poluição, do Aquecimento Global, e ultimamente o vamos-limpar-portugal que já tem mais de 30 comentários.
    Fernanda Ferreira

    ResponderEliminar
  3. Fernanda

    Por mim, só posso agradecer que divulgue, por um melhor ambiente, somos todos precisos. E como estive presente no Fórum do Condomínio da Terra, em Gaia, onde foi orador o Bill McKibben, mentor da iniciativa "350", também sei que ele agradece a divulgação da ideia. É esse mesmo o objectivo.
    Consulte a página "http://www.350.org/", não precisa traduzir, tem lá o original em inglês (e tradução em várias línguas).
    Vou já visitar o "sempre Jovens".

    Obrigada por contribuir. E por aparece por aqui e comentar.

    ResponderEliminar
  4. Já cá estou... foi, de facto, uma gratificante surpresa... por isso, além de passar a integrar as Outras Luzes do A Nossa Candeia, vou passar a seguir o Sustentabilidade É Acção.
    Parabéns!...

    ResponderEliminar
  5. Obrigada Manuela por tudo.
    Já está no meu Blog e no meu Facebook.
    Tem uma pequena mensagem de adradecimento no meu Blog. Gostava que visse.
    Se ouver mais algo que possa fazer, diga-me.

    A união faz a força.

    Beijinhos,
    Fernanda Ferreira

    ResponderEliminar
  6. Olá. Por aqui passei uma pincelada pelo site 350.org. Vou ver com mais calma no entanto começo por verificar que a amiga é uma fervorosa pela defesa da terra, do meio ambiente.
    Talvez pelo lado profissional, não sei, no entanto quero-lhe dizer com sinceridade, porque agora começo a conhece-la, ainda não sigo o seu blogue com a assiduidade que merece. O seu espaço confinado ao ambiente mas aberto ao abrir os horizontes e das mentes das pessoas, para o problema que aflige, a preservação do meio ambiental. Bom, vou ler mais as suas opiniões para fazer melhor juízo de valor, (sempre para o bom sentido) e, depois lhe vou dando as minhas parcas ideias. Como escuteiro, me interessa.

    ResponderEliminar
  7. a senhora sabe que, apesar de ser verdade que na actualidade os niveis de co2 sao superiores aos do inicio da revoluçao industrial, ja houve fases em que essa con centraçao foi bastante superior á actual e nao havia emissoes humanas de relevo? como justifica esse facto? cumprimentos

    ResponderEliminar
  8. João Pedro

    Não sei se é a isso que se refere, mas a atmosfera já teve cerca de 30% de CO2 em outras eras, e hoje estamos com 0,038 %. Antes da revolução industrial a concentração de CO2 na atmosfera era de 0,028%.

    Mas estamos a falar de eras, atmosferas e equilíbrios diferentes.

    Transcrevendo e adaptando da Wikipédia:

    "Podemos compreender razoavelmente a história da atmosfera da Terra até há milhares de milhões de anos atrás. Regredindo no tempo, podemos somente especular, pois, é uma área ainda em constante pesquisa:

    Primeira atmosfera - A primeira atmosfera, era principalmente hélio e hidrogénio. O calor provindo da crosta terrestre ainda em forma de plasma, e o sol a dissiparam.

    Segunda atmosfera - Há aproximadamente 3.5 mil milhões de anos atrás, a superfície do planeta tinha esfriado o suficiente para formar uma crosta endurecida, povoando-a com vulcões que liberaram vapor de água, dióxido de carbono, e amoníaco. Desta forma, surgiu a "segunda atmosfera", que era formada principalmente de dióxido de carbono e vapor de água, amoníaco, metano, óxidos de enxofre.
    Nesta segunda atmosfera quase não havia oxigénio livre, era aproximadamente 100 vezes mais densa do que a atmosfera actual. Acredita-se que o efeito estufa, causado por altos níveis de dióxido de carbono, impediu a Terra de congelar. Durante os próximos milhares de milhões de anos, devido ao arrefecimento, o vapor de água condensou para precipitar chuva e formar oceanos, que começaram a dissolver o dióxido de carbono. Seriam absorvidos 50% do dióxido de carbono nos oceanos.
    Surgiram organismos fotos-sintéticos que evoluíram e começaram a converter dióxido de carbono em oxigénio. Com o passar do tempo, o carbono em excesso foi fixado em combustíveis fósseis, rochas sedimentares (notavelmente pedra calcária), e conchas animais.
    Estando o oxigénio livre na atmosfera reagindo com o amoníaco, foi libertado azoto; simultaneamente as bactérias também iniciaram a conversão do amoníaco em azoto.
    Aumentando a população vegetal, os níveis de oxigénio cresceram significativamente (enquanto níveis de dióxido de carbono diminuíram). No princípio o oxigénio combinou-se com vários elementos (como ferro), mas eventualmente acumulou na atmosfera resultando em extinções em massa e evolução.

    Terceira atmosfera - Com o aparecimento de uma camada de ozono(O3), a Ozonosfera, as formas de vida no planeta foram melhor protegidas da radiação ultravioleta. Esta atmosfera de oxigénio-azoto é a terceira atmosfera Esta última, tem uma estrutura complexa que age como reguladora da temperatura e humidade da superfície."

    Este artigo da Wikipédia não é muito científico, até porque não cita as suas fontes. No entanto, penso que dá para se ter uma ideia geral das alterações que a atmosfera sofreu desde a sua origem.

    Ver mais (em inglês) na Encyclopedia Britannica

    ResponderEliminar
  9. cara Manuela, nao era a isso que me referia. referia-me sim a eras mais recentes (entre 500 a 1000 anos atras), em que - pasme-se- se cultivava vinho ate ao norte de inglaterra e a gronelandia (cujo nome original era "terra verde") estava livre de gelo. e nessas alturas nao havia emissoes relevantes de co2 por seres humanos. como explicar isso entao?! talvez o co2 nao tenha nada a haver com o aquecimento ou arrefecimento do planeta?!

    gostaria que visse o seguinte documentario duma cadeia de tv inglesa. http://www.youtube.com/watch?v=RDzuXPM1W3k. agradecia a sua opiniao sobre o que nele é abordado. cumprimentos e aguardo a sua resposta.

    ResponderEliminar
  10. Caro João Pedro

    Vi o filme que me indicou. Também já tenho lido textos e ouvido opiniões de cientistas que não acreditam no aquecimento global ou que não acreditam que o mesmo tenha qualquer origem antropogénica.
    Eu não sou cientista nem especialista na área do clima, não estou de posse nem acima da verdade (aliás, nem eles), mas o que penso sobre o assunto está neste "post" que coloquei no dia 8 de Julho: Aquecimento Global: Arma de Arremesso?.


    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  11. cara manuela, peço desculpa mas o meu tempo para internet tem sido escasso, dai o atraso da minha resposta. pelo texto que me indicou pareceu-me que optou por escolher estar com um dos lados em debate. penso que é uma atitude incorrecta. devemos sempre contestar as certezas que temos no momento. alias muitas coisas que afirma, como o facto dos polos estarem a derreter, assim como a gronelandia ter menos gelo (tanto esta como o polo sul estao em maximos de decadas) sao mentiras propagadas pelo ipcc e media. o que acontece é que estas noticias vendem. aconselho-a a ler a seguinte noticia no blog mitos climaticos, assim como o restante blog: http://mitos-climaticos.blogspot.com/2009/08/cientistas-alemaes-contestam-pseudo.html. cumprimentos.

    ResponderEliminar
  12. Caro João Pedro
    Parece que também escolheu um lado para estar, o que é no mínimo, um bocadinho incoerente, ou seja, nas suas palavras, optou por ter uma atitude incorrecta.

    ResponderEliminar

Obrigada por visitar o blogue "Sustentabilidade é Acção"!

Agradeço o seu comentário, mesmo que não venha a ter disponibilidade para responder. Comentários que considere de teor insultuoso ou que nada tenham a ver com o tema do post ou com os temas do blogue, não serão publicados ou serão apagados.